Economia

Agricultores contrários a proposta da Dinon fazem contraproposta

Grupo de produtores não aceitou o pagamento parcelado em 10 anos, proposto pela Dinon Cereais, no seu Plano de Recuperação Extrajudicial.

Publicado em 30/07/2020 05h00 - Atualizado há uma semana - de leitura
Dinon Cereais irá estudar a contraproposta até a sexta-feira, 31. / Foto: Divulgação

No dia 15 de junho a Dinon Cereais anunciou ao mercado medidas de uma reestruturação financeira que seria adotada, entre elas a suspensão, por dois meses, dos pagamentos dos compromissos firmados.

Após isso, compartilhou com seus credores um plano de pagamento. Nele os agricultores receberiam o crédito em 10 anos, podendo esse prazo diminuir, a contar do volume de produto que passasse a entregar na empresa.

Para que esta proposta fosse aceita, a Dinon precisaria ter a aprovação dos produtores no percentual de 60% do volume depositado, o que não aconteceu.

Um grupo deles da região, que se mobilizou, é contrário a proposta, contando com o apoio de sindicatos.

Nesta semana este grupo de credores, juntamente com representantes sindicais de Tuparendi, Porto Mauá, Horizontina, Doutor Maurício Cardoso, Tucunduva, Novo Machado, Santa Rosa e Santo Cristo estiveram reunidos com Carlos Alberto Dinon, um dos sócios da empresa, bem como com os advogados da Albarello & Schmitz, que assessoram a Dinon Cereais no chamado Plano de Recuperação Extrajudicial.

No encontro, o grupo de advogados que representa os produtores rurais apresentaram uma contraproposta, com o objetivo de ver consolidados os interesses destes credores, pois alguns entregaram toda a safra à empresa e hoje passam por dificuldades financeiras, até para sua subsistência. O conteúdo do documento não foi divulgado.

A empresa Dinon Cereais, se comprometeu em analisar a contraproposta e dar retorno ao grupo até a próxima sexta-feira, 31 de julho.

Segundo os advogados, o grupo busca conciliar os interesses dos agricultores, bem como contribuir com a empresa, ajudando-a a se reconstruir, pois não há continuidade da Dinon Cereais sem o crédito e a confiança dos produtores da região. Até lá, a orientação é para que eles não assinem o plano.



Últimas notícias

VER MAIS NOTÍCIAS



Top Vídeos

:: assista aos destaques

Obras no Sepé devem iniciar dia 10 de agosto

Entrevista com o Patrão Fábio Back do CTG Sepé Tiaraju, o qual foi autorizado pelo Estado a captar R$ 964 mil, para readequar sua sede na Avenida América, em Santa Rosa/RS.

há 2 dias


Lisandra Steffen deixa a assessoria de comunicação do Hospital Vida & Saúde

há 2 dias


Uso da cloroquina para tratar a Covid-19

há 5 dias