Comportamento

Maternidade e reinvenção

Mayara Maciel é mais uma mulher que se reinventou durante a pandemia.

Publicado em 05/03/2021 08h30 - Atualizado há 2 meses - de leitura

Segunda-feira, 8, é o Dia Internacional da Mulher. Para comemorar a data o Jornal Noroeste publica hoje, em sua edição impressa, um especial sobre as mulheres. Conversamos com mães, profissionais, políticas e voluntárias que nos contaram suas histórias e o que estão fazendo para passar esta fase de pandemia. Para a versão digital escolhemos Mayara Maciel. Confira a seguir:

"Meu nome é Mayara Maciel, sou formada em Gestão de Recursos Humanos. Por paixão ao mundo da beleza me dediquei à maquiagem, onde atuo há três anos e, com a pandemia, precisei me reinventar.

Foi então que ingressei ao mundo da internet e hoje trabalho como digital influencer, no nicho materno, oferecendo dicas de moda e beleza no meu perfil do Instagram. Como trabalhava em uma área que foi afetada direta e drasticamente com a pandemia, me reinventar foi a saída para esse ano atípico. Escutei meu coração e segui nesta nova profissão, iniciando do zero. Críticas e elogios vieram! Mesmo assim continuei seguindo, sempre preservando a saúde e o bem estar da minha família.

Tenho dois filhos pequenos, Arthur tem 9 anos e Miguelzinho nasceu quando iniciou a pandemia. Bebê de colo, recém nascido e um mundo todo se adaptando ao distanciamento social, aulas on-line, de enlouquecer qualquer mãe.

Ninguém estava preparado para tamanha mudança! Mesmo assim eu segui meus instintos, tanto maternos, quanto pessoais. Usei a internet como minha aliada, me mantendo perto de pessoas das quais eu mais me identificava. Me fiz presente, comecei tudo de novo, outra vez.

Chorar pela agenda de maquiagens canceladas não iria me ajudar, nem a mim, nem minha família. No início até achei que estava falindo, mas na verdade o mundo estava doente. Mas eu precisava esquecer um pouco minha profissão e partir para outra.

Confesso que a comunicação para mim sempre foi fácil (depois do ensino fundamental, é claro, antes eu era super tímida) e, para mim, trazer resultados para as empresas que me contratavam, dar dicas às pessoas, auxiliar mamães, além de ser prazeroso se tornou minha profissão da qual hoje me orgulho. Apesar de tudo, gratidão imensa pela vida ter me virado do avesso e eu ter descoberto que, apesar das dificuldades, tudo depende da importância que a gente dá.

Tudo que a gente foca, expande. Hoje compartilho meu dia a dia com várias pessoas que se identificam com meu estilo de vida. A palavra que mais me descreve nesta trajetória profissional é reinvenção. Acredito que não só eu, mas muitas pessoas precisaram pensar em profissões alternativas para se manter ativas no mercado de trabalho diante a situação que nos encontramos."



Últimas notícias

VER MAIS NOTÍCIAS



Top Vídeos

:: assista aos destaques

Privatização da Corsan

Ex-prefeito de Santa Rosa, Orlando Desconsi, falou na manhã desta segunda-feira (19) sobre a privatização da Corsan.

há 3 dias


Mantei avalia os 100 primeiros dias de governo

há 3 dias


Programa Podcast Noroeste

há 3 dias