Blog Voice, por Eunice Arsand
Blog Voice, por Eunice Arsand
Voice, por Eunice Arsand



Blog

Brincar é um ofício das crianças, é desenvolver linguagem

Publicado em 13/10/2021 15h00 - Atualizado há 3 dias - de leitura

Não é a toa que afirmamos que brincar éo ofício das crianças, pois faz parte do desenvolvimento infantil desde os primeiros meses de vida. O bebê primeiramente brinca consigo mesmo, depois passa a brincar com o outro. À medida que vai crescendo e ganhando novas habilidades, a forma de brincar da criança vai se modificando: aprende a manipular um brinquedo, depois a imitar ações cotidianas, até que, com muitas vivências alcança o brincar simbólico: o “faz de conta”.

Fato é que o brincar, em seu primeiro estágio,surge antes da fala. No entanto, a evolução da linguagem/fala e do brincar acontecem paralelamente. É o brincar que estimula a linguagem ou o avanço no desenvolvimento desta que possibilita o brincar tornar-se mais rico? Com certeza, pelo menos o estágio do brincar simbólico, não tem como acontecer semum bom desenvolvimento da linguagem que possibilite à criança fantasiar. Uma coisa é certa: quanto mais a criança brincar, melhor será o seu desenvolvimento como um todo. Pensando especificamente na linguagem, dentro de um fazer fonoaudiológico, a brincadeiral ivre propicia à criança vivenciar experiências significativas, fazendo uso dasua criatividade para se relacionar e se comunicar com o mundo. Brincar livre significa brincar por brincar, pelo prazer de fazê-lo e não um brincar dirigido com brinquedos e jogos determinados pelo seu par para que treinamento de habilidades. É no brincar livre que a linguagem se desenvolve, onde há trocas de falas naturais entre aqueles que brincam, que atraem e envolvem, que são carregadas de afeto. E se estas falas são envolventes, a criança tende a imitá-las e inserir-se nelas, participando ativamente no discurso. Então: vamos brincar? De que? Do que a criança quiser! Apenas seja espontâneo ao interagir com ela. Assim, para além do ofício, a brincadeira trará muitas evoluções ao desenvolvimento da linguagem.

Fonoaudióloga Beatriz dos Santos Carvalho (CRFa7 8618)

Doutora em Distúrbios da Comunicação Humana – UFSM Especialista em Linguagem pelo Conselho Federal de Fonoaudiologia / Policlínica Tuparendi - Rua Fernando Albino, nº 71 – Santa Rosa (55) 3512 5958 ou (55) 99165 9980 - Instagram beatriz.s.carvalho.fono

Últimas do Blog

VER MAIS NOTÍCIAS



Top Vídeos

:: assista aos destaques

Escola Recital no Noroeste Repórter

A Escola de Música Recital fez uma homenagem aos professores, através de sua música, na Noroeste FM.

há 23 horas


Dia do Professor

há 24 horas


Mama Viva e o Outubro Rosa

ontem