Blog InBox
Blog InBox
InBox



Blog

Não é bruxaria, é tecnologia - e exposição de dados pessoais

Publicado em 14/03/2021 11h15 - Atualizado há 7 meses - de leitura
Sandra Carpenedo é advogada tributarista e atua na área de LGPD. / Foto: Divulgação

Vivemos uma nova era, e nestes tempos as informações e os dados pessoais são o “novo petróleo”. Valem fortunas.

Culturalmente o povo brasileiro é de fácil relacionamento e muito receptivo ao conhecer pessoas, lugares, etc. E essa qualidade nos levou, com o surgimento das redes sociais, a exposição exagerada e sem medo, inclusive de nossos dados pessoais.

Os vazamentos de dados são eventos esperados, afinal o que o homem faz também poderá desfazer, apenas não se sabe ao certo quando ocorrerá.

A Lei Geral de Proteção de Dados (LGPD) recém entrou em vigor, então pouco pôde nos ensinar e orientar sobre os riscos do uso massivo da rede mundial de computadores. E já tivemos dois estratosféricos vazamentos.

Muito pouco se pode fazer no momento sobre esses fatos, “o leite está derramado”. Mas alguns cuidados são importantes e nos servem de alerta:

Após o início de vigência da LGPD, todos os sites estão obrigados a solicitar permissão para uso de cookies (pequenos arquivos que captam informações de navegação do usuário), antes de clicar no botão “aceito” verifique se é possível recusar cookies desnecessários para a navegação.

Atualizar os programas (antivírus) e aplicativos utilizados os vazamentos muitas vezes ocorrem por falhas de segurança que já foram detectadas pelos responsáveis, e a atualização impedirá exposição dos dados.

Cuidado com wi-fi gratuita em ambientes públicos, ela poderá ser cara, porque são facilmente invadidas. Evite acessar bancos ou e-mail quando estiver usando.

Cuidado com e-mails que fingem ser de um contato confiável (como bancos, Polícia, Justiça, e-commerce já utilizado, etc.), trazem links (“click aqui”) e arquivos anexos maliciosos, que se forem abertos baixam arquivos para captar senhas e outras informações do usuário.

Procure abrir os sites oficiais ao invés de abrir pelo link compartilhado.

Conferir com frequência movimentação de contas bancárias, aplicações financeiras, conta vinculada de FGTS, contas bancárias onde é depositado auxílios sociais (bolsa família, auxílio emergencial, etc.).

Evite usar e-mails corporativos para acessar sites de compras, redes sociais, etc., para evitar expor a própria empresa a vazamentos de dados.

Muita atenção com os mais vulneráveis da família (idosos e crianças) para não caírem nas tentativas de fraude/golpes.

Portanto, na era da sociedade da tecnologia e da informação, que facilitam muito nossas vidas, temos que nos adaptar e viver com alguns cuidados que há alguns anos não faziam parte de nossas rotinas.

Últimas do Blog

VER MAIS NOTÍCIAS



Top Vídeos

:: assista aos destaques

Escola Recital no Noroeste Repórter

A Escola de Música Recital fez uma homenagem aos professores, através de sua música, na Noroeste FM.

há 23 horas


Dia do Professor

há 23 horas


Mama Viva e o Outubro Rosa

ontem