Blog Gilberto Kieling
Blog Gilberto Kieling
Gilberto Kieling



Blog

Dia da criança

Publicado em 09/10/2021 08h30 - Atualizado há 7 dias - de leitura

O dia da criança, na verdade, são todos os dias. Gosto de ouvir gente que diz: “Criança existe para brincar. Responsabilidades de adulto só mais tarde”. É bom lembrar disto porque às vezes ouço aquele discurso de que criança deve aprender sobre o mundo do trabalho. Alguns até citam como “exemplo” os antigos engraxates, que trabalhavam desde tenra infância.

É um drama vivenciado por muitas crianças nas regiões mais pobres do Brasil e em muitos países do mundo. É para chamar atenção sobre esta realidade que a Organização Internacional do Trabalho criou o Dia Mundial de Combate ao Trabalho Infantil. É para lembrar que muitos seres humanos ainda não têm direito a uma infância e adolescência saudáveis e felizes.

Na verdade, uma disfarçada violência dos adultos. Criança que é submetida ao trabalho perde uma etapa importante da vida, que jamais será resgatada. 

===

Se você tem filhos, certamente também tem alguma boa história para contar envolvendo comentários e aventuras dos pequenos. É assim mesmo. Criança nos diverte. Talvez pela sua ingenuidade, talvez porque ainda não aprenderam a mentir como fazem os adultos. Certa feita (acho que já contei essa história aqui) meu filho ainda garoto decidiu me interrogar:

“Pai, quando você era criança não existia internet?”

Com um leve sorriso, eu respondi:

“Filho, quando eu tinha a tua idade não existia nem mesmo o computador”

Ele respirou fundo, pensou por alguns instantes, e disse:

“Credo! Eu não conseguiria viver num mundo assim!”

===

Pedrinho, que estudava num colégio de padres, gostava de aprontar. Volta e meia o pai tinha que ir à direção da escola para dar explicações. E uma das coisas que o Pedrinho não gostava de estudar era, justamente, a disciplina de religião (segundo a direção da escola). O pai, então, resolveu questionar o filho sobre a última lição, envolvendo a história bíblica de Davi e Golias.

“Filho, você sabe me dizer quem atingiu Golias com uma pedra atirada por um bodoque?”

O Pedrinho bufou, virou-se para a mãe e exclamou:

“Tá vendo, mãe, tá vendo? Sempre estão me acusando de coisas que eu não fiz! Eu nem conheço esse guri! Que droga!”

===

Depois do passeio dominical ao zoológico, o pai pergunta para a Aninha do que  mais gostara. Ela foi rápida:

“O bicho de que mais gostei no jardim zoológico foi o vendedor de sorvete...”

===

Um garotinho foi com seu pai até uma loja de veterinária e lá encontrou uma gata que dera à luz cinco filhotes. Voltou para casa muito emocionado e contou para a mãe que tinha visto gatinhos e gatinhas.

A mãe, muito atenciosa, perguntou:

“Como você soube que eram gatinhos e gatinhas?”

A criança, em tom professoral, explicou:

“O pai ergueu um por um e olhou em baixo. Acho que ali estava a etiqueta”.

Últimas do Blog

VER MAIS NOTÍCIAS



Top Vídeos

:: assista aos destaques

Escola Recital no Noroeste Repórter

A Escola de Música Recital fez uma homenagem aos professores, através de sua música, na Noroeste FM.

há 24 horas


Dia do Professor

há 24 horas


Mama Viva e o Outubro Rosa

ontem