Blog Gilberto Kieling
Blog Gilberto Kieling
Gilberto Kieling



Blog

Coisas da cidade

Publicado em 05/06/2020 10h57 - Atualizado há 4 semanas - de leitura

Os professores da Fema estão pisando nas nuvens, mais faceiros que guri de bombacha nova. Cantando a música “Como uma onda”, do Lulu Santos, gravaram um vídeo belíssimo que rodou pela internet e foi parar no programa da Ana Maria Braga, na Globo. Tenho certeza de que o Brasil inteiro gostou. Devia ter ido para o Fantástico! Dizem por aí que já tem professor pensando em carreira solo...

Foi, digamos, uma pegada inteligente. Afinal, com a pandemia, “nada do que foi será de novo do jeito que já foi um dia...”. Ah, antes que eu esqueça, que venham outros vídeos, por gentileza! 

***

A biblioteca pública voltou a atender na sua sede. O prédio da esquina da rua Buenos Aires com a Santos Dumont passou por uma demorada reforma. Nos últimos tempos o atendimento vinha ocorrendo dentro do Centro Cívico, de forma improvisada. Aliás, pouco tempo atrás (antes da pandemia) a biblioteca recebeu um grande número de obras novas, atualizando o acervo. 

Fica o convite. O momento é propício para você visitar a nossa Biblioteca e sair de lá com um livro para aqueles momentos caseiros, quando a TV já encheu a paciência. Afinal, estamos ficando mais tempo em casa, não é? E não preciso dizer que a leitura é a grande companhia que cura o tédio e embeleza a vida. 

Tá oquei, eu sei que ficou uma frase meio boba, mas você entendeu...

***

Santa Rosa, com a colaboração da população, está se saindo bem no controle da pandemia. O uso das máscaras, por exemplo, foi bem aceito pela população (exceto alguns políticos, como ficamos sabendo na semana passada). Parece que os santa-rosenses compreenderam a importância dos cuidados propostos pelas autoridades sanitárias, e isso tem permitido que a maior parte da nossa economia mantenha suas atividades, isto é, sem fechamentos desagradáveis. 

***

A “Sexta Cultural” é uma iniciativa do movimento de cultura da cidade. Você consulta o catálogo, escolhe obras para comprar e as recebe em casa nas sextas-feiras. Esclarecendo, você monta a cesta (com “c”) e recebe na sexta (com “s).

Lá tem livros, CDs, DVDs, quadros, artesanato e o escambau. Fiquei encantado com a riqueza e a diversidade cultural de Santa Rosa. Após acessar o catálogo, você faz sua encomenda pelo Whatsapp — 98407-3617 ou 51-99615-8335. Aliás, o catálogo também pode ser solicitado desta maneira, ou encontrado no Facebook do Sesc Santa Rosa e ainda no endereço https://inan.app/pg/sexta-basica-cultural/ (onde é possível fazer compras online). O catálogo é atualizado semanalmente com novos produtos.

***

O site do Jornal Noroeste trouxe, esta semana, uma notícia realmente triste. Entre março e abril, dobrou o número de registros de violência contra a mulher em Santa Rosa. Nos cinco primeiros meses do ano, foram 188 casos.

Violência doméstica tem raízes culturais (desprezo pelo feminino), psicológicas (o macho inseguro) e econômicas (a família patriarcal). Não sabemos, até uma análise mais acurada, o que provocou estes casos. O estresse da pandemia pode ser uma das causas? Pode ter ajudado, mas obviamente não justifica nada. A cultura da violência, do abuso e do estupro tem raízes profundas na nossa cultura, lamentavelmente.

É importante lembrar que essa violência vai além da agressão física. A violência contra a mulher também abarca a agressão moral, a violência patrimonial, a sexual e a psicológica. Sob qualquer de suas formas, é sempre inadmissível.

Últimas do Blog

VER MAIS NOTÍCIAS



Top Vídeos

:: assista aos destaques

Atividades das Escolas Estaduais em tempos de Covid-19

Beatriz Cancian Milbradt - Coordenadora da 17ª CRE, fala sobre a reestruturação e maneira de trabalho das escolas estaduais, diante da pandemia do novo coronavírus.

há 3 horas


Mulheres Inspiradoras

há 3 horas


Três meses da unidade coronavírus no Hospital Dom Bosco

ontem