Blog Gilberto Kieling
Blog Gilberto Kieling
Gilberto Kieling



Blog

A guerra vai continuar

Publicado em 12/06/2020 11h31 - Atualizado há 4 meses - de leitura

Fiz amizade com o Alberto Beltrame na época em que cursávamos o ensino médio no Colégio Dom Bosco, aqui em Santa Rosa. Mais tarde, ele cursou medicina em Porto Alegre e passou a trabalhar com saúde pública. Chegou a ser ministro no governo Temer. Hoje é tido como um dos brasileiros que mais conhece (e defende) o SUS. Ocupa o cargo de secretário de saúde do Pará e é o presidente do CONASS (Conselho Nacional de Secretários de Saúde).

Pois o CONASS tem demonstrado alto profissionalismo e o Alberto Beltrame hoje é um nome constantemente procurado pela imprensa, por uma razão muito simples. As orientações técnicas do Conselho, assim como suas estatísticas, são muito mais confiáveis do que as informações do Ministério da Saúde. O ministério, como sabemos, virou uma bagunça generalizada. Enquanto isso, os secretários estaduais de saúde, que estão debaixo do mau tempo, têm encontrado apoio junto ao Conass.

Diante da crise sanitária, Beltrame tem demonstrado a serenidade e a competência necessária para algo tão grave. Podemos dizer, sem qualquer medo de errar, que Santa Rosa está muito bem representada nessa guerra sanitária...

***

Nesta semana o governo brasileiro, ao pretender alterar a forma de divulgação dos dados do Coronavírus, jogou o país em mais uma polêmica infrutífera (quase infantil), e confirmou o que o mundo tem falado do Brasil. Entre todos os países, a gestão mais desarticulada e ineficiente da crise é a brasileira. Uma situação deveras humilhante para nós.

***

Os economistas vêm comentando, há algum tempo, uma mudança no comportamento social, em razão da pandemia, que deverá gerar bons resultados no futuro. Segundo eles, a valorização da produção local já está acontecendo. Inclusive, algumas grandes empresas estão criando estratégias de valorização dos pequenos e médios empreendedores.

O que significa isso? As pessoas (no caso, os consumidores) e as grandes empresas (que gerenciam redes de comércio) estão percebendo que o pequeno produtor, o pequeno lojista, a agroindústria familiar e o cidadão que produz e vende de forma individual, constituem uma estrutura econômica que não pode ser mais desprezada ou ignorada. 
Com mais tempo em casa e com o orçamento apertado, o que estamos vendo é o afloramento da criatividade aplicada à vida econômica. Enquanto a guerra contra o vírus continua, o consumidor está mudando seus hábitos, e quem melhor percebe esse novo comportamento é justamente o pequeno empreendedor. A cadeia produtiva de alimentos, por exemplo, está experimentando um novo cenário, e de forma rápida.

Outra constatação, por exemplo, é que o impulso de consumo está reduzido. O consumidor está mais seletivo e focado. Mais racional, enfim. O novo mercado está centrado em alimentação, produtos para a higiene e saúde, informação, lazer doméstico, comércio online, entre outros. Mas o que os economistas estão percebendo é que tudo isso, que já existia antes, agora será organizado em cadeias produtivas, com a inserção efetiva dos pequenos produtores, dentro daquilo que estão chamando de “novo normal” e que envolve também o atendimento virtual. Aliás, esta é outra constatação que já mudou a estratégia de muitos lojistas em Santa Rosa, como tenho observado. Quem não souber utilizar a internet, vai penar.

Diante dessa mudança, podemos dizer que quem estiver atento, poderá comemorar lá adiante.

Últimas do Blog

VER MAIS NOTÍCIAS



Top Vídeos

:: assista aos destaques

Unidade Covid-19 de Santa Rosa completa seis meses de funcionamento

Há seis meses, a equipe multiprofissional do Hospital Vida & Saúde trabalha diariamente na Unidade Especializada em Problemas Respiratórios e COVID-19, localizada no prédio do Hospital Dom Bosco. São médicos, enfermeiros, nutricionistas, técnicos em enfermagem, fisioterapeutas e psicólogos, que não medem esforços para salvar vidas e garantir um atendimento humanizado aos pacientes.

há 9 horas


Balanço da primeira semana da retomada das aulas presenciais

há 2 dias


Seis meses após o 1º caso de Covid-19 em Santa Rosa

há 2 dias