Blog Bem Te Vi
Blog Bem Te Vi
Bem Te Vi



Blog

Minoria na Câmara

Publicado em 26/10/2020 08h03 - Atualizado há 3 meses - de leitura

# É impressionante o poder de envolvimento que concentra a campanha eleitoral no rádio, televisão, redes sociais e várias outras formas. O que antes parecia distante, agora começa a fazer parte da rotina do eleitor.

# E quem não aderiu, vai aderir.

# A Acisap tem definidos os ocupantes da presidência para as duas próximas gestões. Lídia Lagemann substituirá Odaylson Eder. E será substituída por Douglas Marques.

# E nada é por acaso. A entidade planejou o futuro. Essa prática deveria ser copiada por outras entidades locais que comprovadamente enfrentam dificuldades para encaminhar os processos sucessórios.

# Que solução o futuro prefeito de Santa Rosa dará para o déficit previdenciário da prefeitura? Qual é a proposta para solucionar um problema que se agiganta ano a ano?

# Não custa nada lembrar: o cálculo atuarial em vigor prevê que a prefeitura, como parte patronal, desconte 41,5% de cada salário a partir de 2.023. A partir da metade do próximo mandado.

# Alguns percentuais da história para serem avaliados.

# Com três candidatos majoritários nas eleições de 1996, Júlio Brum de Oliveira elegeu-se prefeito com 48,69% dos votos válidos. E Nelci Dani, segundo colocado, obteve 36%.

# Em 2000, no pleito mais parelho que acompanhei, Vicini venceu com 37,14%, Júlio em segundo (33,67%) e Orlando em terceiro (29,19%).

# Em 2004, Vicini se reelegeu com 47,8%, mas Neusa garantiu 41,87%.

# Em 2008, Orlando venceu com 41,58%. Neusa obteve 29,75% e Rozek 28,68%.

# Mais um pleito parelho em 2012, com a vitória de Vicini (42,22%) e Orlando em segundo (40,87%).

# Nas últimas eleições, em 2016, Vicini se reelegeu com 41,14%. Orlando obteve 36,68% e Colla 22,18%.

# Para que servem todos os números mencionados? Para uma conclusão óbvia: sempre que tivemos mais de duas candidaturas majoritárias, nenhum foi eleito com mais da metade. E disso tem aos montes pelo país afora.

# Com quatro candidaturas concorrendo em 2020, o futuro prefeito terá garantidamente minoria na Câmara de Vereadores. E terá que compor com a oposição.

# Mas, que oposição? Quem será ou fará oposição ao futuro prefeito? O quadro será montado pelas urnas no dia 15 de novembro.

# Tudo livre na pandemia? Sim e não. Sim, porque os decretos estadual e municipal flexibilizaram em todas as áreas. Não, porque as permissões apresentam ressalvas.

# Lar do Idoso vive um surto de Covid-19 na saída da pandemia.

# Retorno das aulas, na prática, é muito mais um aquecimento para 2021. Em 2020 o que se perdeu, perdeu-se no aprendizado. Observação não é minha.

Últimas do Blog

VER MAIS NOTÍCIAS



Top Vídeos

:: assista aos destaques

"Trevos Assassinos"

Entrevista com André Stürmer, sobre os "trevos assassinos" da nossa região.

há uma semana


Janeiro Branco

há uma semana


Colheitadeira é removida, após quase cair de ponte em Três de Maio

há uma semana