Blog Aquiles Giovelli
Blog Aquiles Giovelli
Aquiles Giovelli



Blog

Sandices, arrogância, ostentação...

Publicado em 21/05/2022 19h27 - Atualizado há um mês - de leitura

Sandices, arrogância, ostentação...

Os discursos do candidato Luís Inácio Lula da Silva - o descondenado sem ser absolvido - passaram a preocupar sua assessoria. Já os seus oponentes torcem para que fale mais. Nos seus 50 anos de política, Lula disse o que quis; muitas vezes, asneiras. Entre outras, disse que Pelotas era “exportadora de veados”. Mas, partindo dele, não era homofobia; era discurso de um gênio. Compreende-se, eis que, principalmente durante seus mandatos presidenciais, nadou de braçada. A economia mundial ia de vento em popa, não teve Pandemia, nem guerra (Rússia x Ucrânia), nem seca, nem estiagem etc. Seus discursos eram aplaudidos incondicionalmente por luloafetivos. Hoje, com o vento soprando em sentido contrário, alguns dos seus pronunciamentos - requentados - passaram a ser questionados. Para ilustrar o que estou dizendo, trago à baila alguns, a saber:

1. Reformas da previdência e trabalhista: Se voltar à presidência, Lula diz que vai revogar ambas. Hoje, fico com o desconto sindical, o calcanhar de Aquiles dos sindicatos longa manus de partidos políticos. Eliminado o desconto compulsório de um dia por ano do salário dos empregados, caiu de R$ 3,5 bilhões para R$ 65 milhões. Sem pão e mortadela, também murcharam as manifestações públicas;

2. Guerra na Ucrânia: à revista Time, Lula disse que Zelensky é tão culpado pela guerra quanto Putin. Pela sua lógica, a culpa da Ucrânia foi reagir à invasão pela Rússia (sic). Também disse que ele se reuniria com os líderes dos dois países e, entre uma cerveja e outra, selaria a paz. Que gênio! Só acho que a Vodka Russa, no lugar da cerveja, produziria efeitos mais rápidos;

3. Clubes de tiro: são 1.644 históricos clubes de tiro que Lula, se eleito, promete fechar. Aliás, sobre segurança, não mira só os clubes de tiro. Acusa Bolsonaro de preferir policial em vez de gente, como se policial fosse lixo. Desculpou-se, depois, como ato falho. Outrossim, Lula, o desarmamentista, vale-se de forte segurança armada para cuidar de si;

4. Controle da mídia: encontrei pelo menos nove manifestações de Lula nesse sentido. No 7º Congresso Nacional do PT, em 20/8/2021, disse: Ou a gente faz um marco regulatório para a comunicação no Brasil ou a gente vai continuar sendo vítima... Ora, o marco que o Lula quer, atende pelo nome de censura;

5. Ministério do índio:  Lula promete criar um ministério só para o índio. Com isso, eu, descendente de italianos, seria discriminado. Pela lógica do Lula, cada etnia que colonizou o país deveria ter o seu ministério. A Dilma tinha 39 ministérios, 15 a mais do que tem hoje. Mas há muita gente com saudade das tetas do governo;

6. Novas estatais: as estatais davam prejuízo. E daí? Lula diz que vai criar novas. Para quê? Para que, não se sabe, mas que servem de cabides de emprego, servem. Os Correios, em fase de desestatização, desde 2013 davam prejuízo. Há pouco repassaram ao Tesouro R$ 260 milhões de dividendos. Milagre? Não. Gestão técnica.

Mudando, mas não muito: os privilégios dos ex-presidentes Sarney, Collor, FHC, Lula, Dilma e Temer são um escárnio para a população pobre. Custam milhões de reais por ano ao Tesouro Nacional. Pouca gente sabe ou sabe mas não liga que os ex-presidentes vivem de mordomias à custa dos contribuintes. Até abril de 2022, gastaram R$ 549 mil só com viagens. O campeão em passagens e diárias para segurança e assessores é Lula: R$ 220 mil.

Outro assunto, o casamento de Lula com Janja, que era para passar sem alarde, vazou. Ora, com o surgimento do xerox, primeiro, e do celular, depois, o sigilo acabou. A oficialização dessa união, dia 18, foi marcada por luxo e ostentação. O buffet teve 11 ilhas gastronômicas de comida com aperitivos finos, vinhos Pierro Callejero Blend de Malbec e Freixenet Sauvignon e espumantes Cave Geisse (Leo Dias, site Metrópoles). Esse casamento ainda vai dar o que falar.

Últimas do Blog

VER MAIS NOTÍCIAS



Top Vídeos

:: assista aos destaques

Comitiva aborda tema sobre drogas na região

Deputado federal Osmar Terra / Edu Cabral - Diretor Nacional de Articulação e Projetos Estratégicos / Quirino Cordeiro Jr - Secretário Nacional de Cuidados e Prevenção às Drogas.

há 3 horas


Brigada Militar

há 3 horas


Festa da Padroeira Nossa Senhora do Perpétuo Socorro

há 3 horas