Blog Aquiles Giovelli
Blog Aquiles Giovelli
Aquiles Giovelli



Blog

Coisa pública, para uns poucos, “cosa nostra”

Publicado em 14/02/2020 10h17 - Atualizado há 5 meses - de leitura

Alguns temas relacionados com (i)moralidade e (i)legalidade com a coisa pública abordei na semana passada. Um deles, a demissão do min. interino da Casa Civil, Vicente Santini, por usar um avião da FAB para viajar a Davos, na Suíça, e depois, acompanhado de duas assessoras, esticar o passeio à Índia. Santini e outro que quis protegê-lo colocando-o em outro cargo, foram demitidos. Mais do que as demissões, tem-se o exemplo que vem de cima. Chega de privilégios, como, exemplificativamente, passarei a relatar adiante. Antes, porém, uma pequena história: não faz muito, tive o privilégio de conhecer parte da Itália. Numa das noites em Roma, a agência de viagem contratada acertou um jantar com a presença de um dos dois deputados brasileiros com dupla cidadania, com assento na Câmara Federal da terra de meus ancestrais. Na ocasião, perguntei ao deputado brasileiro/
italiano quantos assessores tinha, respondendo-me que tinha dois. Indaguei, então, se ele era discriminado (reduzido número) por ser brasileiro, disse-me que seus direitos eram iguais aos dos nativos. Então perguntei quantos servidores tinha o Parlamento da Itália, ao que, especificando por área, ser pouco mais de 200. O nosso Congresso Nacional - pasmem! - tem 28.762. Ora, dos 5.570 municípios brasileiros, apenas 1.163 (último censo) têm mais do que 28.760 habitantes. Prossigo com personagens conhecidos:

1º) Sarney, Collor, FHC, Lula, Dilma e Temer têm direito, cada um, a dois carros, dois motoristas, dois assessores, seguranças, auxílio combustível, passagens e cartão corporativo (Lei 7.474/86). Como os carros devem ser novos, há pouco foi renovada a frota
de suas Excelências a um custo de R$ 650 mil. Em resumo, em 2019, as estruturas dos ex-presidentes custaram ao Tesouro Nacional (erário público, dinheiro dos nossos impostos, que falta na saúde, na educação e na segurança) R$ 3.925.623,92. Entre os ex-presidentes, Dilma foi a “pole position”: gastou R$ 1.077.589,41 entre 01/01 e 31/10/2019, perfazendo uma média de R$ 107 mil/mês; 2º) Os conselheiros do TCE (5 ex-deputados
estaduais), juízes da legalidade e da moralidade das contas dos prefeitos, se pagaram férias e licenças-prêmio não gozadas, a saber: Marcos Peixoto (PP), R$ 694.182,99; Algir Lorenzon (MDB), R$ 581.541,13; Alexandre Postal (MDB), R$ 471.519,84; Irandir Pietroski (PTB), R$ 419.128,75; Pedro Figueiredo (servidor), R$ 392.060,01; Estilac Xavier (PT), R$ 182.495,64; e Cézar Miola (servidor), R$ 78.586,64; 3º) Rodrigo Maia, presidente da Câmara dos Deputados (DEM), em 2019, fez 230 voos com aviões da FAB, sendo 46 para a sua residência no RJ. Em janeiro de 2020, em férias, fez 12 voos. Aliás, no Senado e na Câmara a farra é antiga. Renan Calheiros, presidente do Senado, certa feita usou avião da FAB para ir a Recife fazer implante capilar. E Henrique Alves, quando presidente da Câmara, na Copa das Confederações, usou avião da FAB para transportar sua noiva de Brasília ao RJ; 4º) Toffoli, presidente do STF, em 2019, fez 95 viagens com aviões da FAB, sendo uma para a pequena Ribeirão Claro/PR para homenagear seu pai. Até quando, nós,
otários, vamos sustentar aproveitadores!

Já na Inglaterra, Harry e Meghan abdicaram do cargo e das tarefas da Monarquia. No entanto, a renúncia custou-lhes a devolução de R$ 13 milhões investidos na reforma da casa na qual iriam morar. Aqui, se alguém, em cargo equivalente renunciasse, é provável que pleiteasse indenização tipo bolsa-ditadura paga por FHC, Lula e Dilma.

Últimas do Blog

VER MAIS NOTÍCIAS



Top Vídeos

:: assista aos destaques

Grave Acidente deixa vítima fatal na Avenida America em Santa Rosa

Grave acidente deixa uma vítima fatal. De acordo com informações da Brigada Militar, dois homens estavam em fuga, após praticar um assalto. Acidente ocorreu na Avenida America, sentido centro para o bairro cruzeiro. Um homem foi a óbito no local.

há 11 horas


FUMSSAR receberá R$ 12,6 milhões no combate ao Covid-19

há 16 horas


Mais Tecnologia nas escolas do município

há 20 horas