Blog Aquiles Giovelli
Blog Aquiles Giovelli
Aquiles Giovelli



Blog

A CPI da Covid descobre um novo tipo penal

Publicado em 21/06/2021 17h08 - Atualizado há 3 meses - de leitura

Os senadores Aziz, presidente da CPI da Covid, e Renan, seu relator, se escandalizaram porque encontraram indícios de um gabinete paralelo (conselheiros informais) para o enfrentamento à Covid pelo governo. Um dos membros do gabinete seria Osmar Terra. Ora, feliz do presidente que conta com um colaborador do quilate do ex-prefeito de Santa Rosa. A propósito dessa “descoberta”, por ciência própria digo que são raros os gestores públicos que não têm suas eminências pardas. É uma instituição não oficial que sempre existiu. Preservando o nome, conheci prefeito que não tomava decisão antes de consultar seus oráculos; Lula consultava o estado maior do PT; FHC recorria a ex-colegas de cátedra; Sarney se aconselhava de um astrólogo; ACM ouvia os babalaôs, e assim por diante. Nos EUA, Roosevelt, seu maior presidente de todos os tempos, se socorria de um gabinete da cozinha. Mas agora a CPI descobriu um gabinete paralelo. Pronto! Para a CPI é crime. Portanto, um novo tipo penal.

Também na pauta dos últimos dias a Copa América. Sua realização no Brasil sofreu forte oposição. Bastou o aceno do país em sediá-la para que a Globo e seus puxadinhos a transformassem em evento atentatório à saúde. A Globo tem motivos para ser contra, embora nada nobres: 1) perdeu as verbas publicitárias à custa do erário público ou através da Petrobras, da CEF, do BB e Correios; 2) o governo exige que ela pague dívida astronômica ao Tesouro Nacional, sob pena de não ter a concessão renovada em 2022; 3) perdeu a transmissão da Copa América para o SBT. Ora, sem perquirir se a Copa faz bem ou mal ao Brasil, salta à calva a contradição da Globo, haja vista que transmite os campeonatos estaduais, o campeonato nacional, a Libertadores, inclusive os jogos no Brasil, mas rejeita - embora sob os mesmos critérios sanitários - a Copa América. Como se vê, a Copa América infecta; as outras competições esportivas, não. Segundo o site Notícias da TV, a confirmar a maldade que a aparente defesa da vida encobre a ação da mídia e do PT/PSB (partidos que levaram o caso ao STF), a Globo tentou transmitir a Copa América. Como não conseguiu, virou oposição. Isso revela a maldade da narrativa de que essa Copa América realizada no Brasil é uma ameaça à saúde pública.

Também foi motivo de polêmica o estudo solicitado pelo presidente Bolsonaro sobre a dispensa, ou não, do uso da máscara para quem está vacinado contra o vírus. A grande mídia e as oposições voltaram a chamar o presidente de genocida. Pois não é que o presidente Biden, dos EUA, idolatrado pela esquerda, está na mesma linha! Disse ele sexta-feira, dia 11: “Hoje é um grande dia para a América. Se você estiver totalmente vacinado, não precisará mais usar máscara”. Outro país, a Dinamarca, dispensou o uso de máscara, exceto para quem viaja em transporte coletivo. E agora, José? Com quem está a razão? 

Por outro lado, os ventos - apesar da pandemia - sopram a favor do Brasil: 1) a Bolsa, em ascensão, já ultrapassou os 130 mil pontos; 2) os investidores estrangeiros voltaram em peso para a Bolsa (R$ 12 bilhões nos primeiros 12 dias de junho); 3) o Mercado Financeiro está revisando para mais o PIB; 4) depois de 11 anos, o Brasil volta a ter assento no Conselho de Segurança, o principal órgão da ONU. Ocupará uma das duas cadeiras reservadas à América Latina. Foram 181 votos dos 197 do colégio eleitoral. Isso tem nome: confiança internacional no timoneiro do Brasil, Jair Bolsonaro.

Gostando ou não de Bolsonaro, milita em seu favor que o Brasil, depois de mandatos marcados por escândalos, tem um mandatário no 3º ano de comando do país sem uma denúncia, sequer, de corrupção. Mal lapidado, às vezes, mas ninguém poderá negar que o presidente é verdadeiro. Esses são os diferenciais do atual presidente em relação a outros. Aliás, os movimentos espontâneos de rua confirmam a popularidade de Bolsonaro. Sábado, uma multidão de motociclistas foi às ruas apoiá-lo. Foi a maior manifestação do gênero do planeta. Não declino números porque eventos dessa natureza são superestimados por uns e minimizados por outros.

Últimas do Blog

VER MAIS NOTÍCIAS



Top Vídeos

:: assista aos destaques

Eduardo Busanello, no Papo de Quinta

No terceiro programa do Papo de Quinta, o convidado é foi o juiz de direito de Santa Rosa/RS, Eduardo Sávio Busanello

há 2 dias


Dia Mundial da Segurança do Paciente

há 2 dias


Presidente Fusiger manifesta-se sobre caso

há 3 dias