Vida & Saúde anuncia cortes de atendimentos

Medidas ocorrerão caso os repasses do Governo do Estado não forem efetuados

As primeiras medidas adotadas foram as internas, os serviços de manutenção e contratos com prestadores
As primeiras medidas adotadas foram as internas, os serviços de manutenção e contratos com prestadores

Através de nota, publicada na última edição no Jornal Noroeste, o Hospital Vida & Saúde de Santa Rosa informou que fará cortes de atendimentos caso os repasses do Governo do Estado não forem efetuados.

Entre as medidas atuais, as primeiras adotadas foram medidas internas, que entre elas estão o cancelamento de novas obras, conforme o plano diretor. Foram cancelados também serviços de manutenção, como pinturas, melhorias elétricas e predial, além do cancelamento da compra de utensílios e móveis para áreas que ainda carecem de melhorias. Estão cancelados projetos contratados com prestadores.

Só o Vida & Saúde acumula cerca de R$ 5,6 milhões de haveres do Governo do Estado e Federal. “Diante destes atrasos, a situação financeira se tornou insustentável”, afirmou o hospital em nota. No documento ainda é salientado que não se descartam ações drásticas, caso os pagamentos não sejam efetuados. Dentro da lista de serviços que ainda poderão ser cancelados está: Cancelamento do médico pediatra na UPA, redução do quadro de pessoal no pronto-atendimento e com isso redução dos atendimentos, redução da disponibilidade do Samu, sem a escala média do dia. Também ações de grande impacto, como o fechamento de 10 leitos da Unidade de Tratamento Intensivo Infantil-UTI Pediátrica, dentre outras.