Sistema de informação garante processo seguro na quimioterapia

Atualmente a quimioterapia do Vida & Saúde atende por mês 800 pacientes.

Essa novidade visa a ampliação do protocolo de medicação segura.
Essa novidade visa a ampliação do protocolo de medicação segura.

Desde 2014, após a implantação do sistema Tasy da Philips o setor de Quimioterapia tem a padronização da informação. Segundo a assessoria do Hospital Vida & Saúde, este ano, foi ampliado a sistematização do processo. Com isso, foi possível rastrear ainda mais a medicação, que agora passou a ser em tempo real, no momento da diluição da medicação.

Essa novidade visa a ampliação do protocolo de medicação segura. Segundo a enfermeira Kamila Lerh, asta alteração impactou todos os setores dentro da oncologia, alterando a rotina desde a área administrativa, farmácia e enfermagem. “Essas alterações irão gerar além de maior segurança para os pacientes, uma série de indicadores de gestão, que possibilitarão análises mais detalhadas do processo. E com isso a equipe poderá avaliar mensalmente, os dados, e por consequência melhorar de forma contínua todo o processo”.

De acordo com a farmacêutica responsável, Tatiana Praischardt, a medida tornou um processo ainda mais seguro. “ Agora inclusive as medicações que o paciente recebe para usar em casa também passam pelo rastreamento por código de barras”. Próximo passo é realizar a checagem a beira leito, ou seja, todos os pacientes vão ter uma pulseira com código de barras no qual irá constar todas as informações, e assim, poderá ser controlado ainda mais a medicação.

Atualmente a quimioterapia do Vida & Saúde atende por mês 800 pacientes.