SAMU de Giruá não foi renovado e atendimentos foram suspensos

O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência- SAMU de Giruá soma atrasos de pagamentos, em cerca de R$ 400 mil

SAMU de Giruá não foi renovado e atendimentos foram suspensos

O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência- SAMU de Giruá suspendeu os atendimentos desde a manhã desta quinta-feira, 06.

Gerenciado pelo Hospital Vida & Saúde, e mantido pela Fundação Municipal de Saúde, ambos de Santa Rosa, o serviço soma atrasos de pagamentos, em cerca de R$ 400 mil. Conforme a Fundação, os atrasos estes de responsabilidade da Secretaria de Saúde Giruá, fez com que o serviço fosse interrompido.

Segundo o secretário da Saúde de Giruá, Fernando Cavalheiro, na prática o município receberia 50% do valor da União, 25% do estado e 25% a própria secretaria aportaria para a manutenção. “O Estado, desde 2014 pra cá, tem atrasado os repasses. Em 2018, o município de Giruá, ganhou uma ação judicial. Estávamos com o dinheiro na conta, e faltava uma tramitação burocrática, mas a Fundação exige receber todos os valores junto”.

Fernando ainda salientou que a Prefeitura está em negociação com a Fundação para regularizar o serviço. “A ideia é que o SAMU volte a atender no mais tardar na sexta-feira”, estimou.

NOTÍCIA ATUALIZADA EM: 

Samu de Giruá retoma atendimentos

http://www.jornalnoroeste.com.br/noticias/saude/samu-de-girua-retoma-atendimento