Família busca ajuda para o tratamento de Yasmin

Yasmin tem o Complexo de OEIS, O-onfalocele, E-extrofia de cloacal, I- imperfuração anal e S- spinal Defect (mielomeningocele), sem genitálias.

Família busca ajuda para o tratamento de Yasmin

Yasmin Antonella Pereira (foto) tem um ano e seis meses e necessita de cirurgia Extrofia de Cloaca. Sua família busca auxílio para pagar o tratamento, pois a menina nasceu com Complexo de OEIS, O-onfalocele, E-extrofia de cloacal, I- imperfuração anal e S- spinal Defect (mielomeningocele), sem genitálias. Para fazer suas necessidades fisiológicas foi feito a inclusão de uma colostomia.

Natural de Alecrim, a família de Yasmim para resolver o problema, precisa em torno de R$ 100 mil para a cirurgia. Segundo a mãe da menina, Maiara Czermaneski Pereira, a Secretaria de Saúde de Alecrim já agendou uma reconsulta no médico, e a esperança é que o SUS pague a cirurgia. “A próxima consulta será nesta sexta-feira em Porto Alegre e depois disso saberemos os próximos desdobramentos”, disse Maiara. A mãe lembra que mesmo se o SUS pagar o tratamento, a família terá despesas. “Teremos que nos hospedar uns dois meses em Porto Alegre, além de alimentação, teremos despesas com fraldas e medicamentos. Não temos condições financeiras para arcar com estes valores”, disse.

Uma campanha na comunidade está sendo feita, e qualquer doação pode ser feita na seguinte conta:

  • Caixa Econômica Federal
  • Agência: 1771
  • Conta Poupança: 37031-0
  • Operação: 013.