HomeSaúde quinta-feira, 7 de setembro de 2017 08:52

Captação de órgãos no Vida & Saúde

Victor Emanuel dos Santos Antunes teve morte cerebral. Após realizados todos os procedimentos padrões, a equipe da CIHDOTT abordou a família que aceitou doar os órgãos.

A meia noite e dez minutos desta quinta-feira, 07, foi dado início a mais uma doação de órgãos no Hospital Vida & Saúde. Esta foi a terceira captação do ano, porém a segunda vez na história de atuação da Comissão Intra-Hospitalar de Doação de Órgãos e Tecidos- CIHDOTT, realizada em uma criança.

Victor Emanuel dos Santos Antunes, de 7 anos, foi internado por complicações neurológicas. O paciente de Giruá teve morte cerebral confirmada na quarta-feira(06). Após realizados todos os procedimentos padrões, a equipe da CIHDOTT abordou a família que aceitou doar os órgãos.

A equipe de Porto Alegre realizou a captação de fígado e rins. Segundo Dr. Juliano Martini, profissional da Santa Casa que realizou a cirurgia, doações de pacientes menores de 10 anos, são bem raras, não representam 10% das doações, “Casos como esse paciente de 7 anos, são muitos raros. Nós temos bastante demanda no estado já que realizamos transplantes de rins em crianças de todo o país”. O médico destaca ainda que as negativas no estado ainda representam 40%, “Em relação ao ano passado não tivemos aumento no número de captações, e ainda temos muitas negativas, por isso, reforçamos o quanto é importante que todos falem que são doadores para seus familiares”.

De acordo com Dr. Juliano, os órgãos não necessariamente, serão doados para crianças, existe a possibilidade em função da compatibilidade, de serem doados para adultos, mas que tenham porte físico semelhante ao doador. A captação encerrou às 02h 15min.

 

Faça seu comentário