ABRIL: MP abre investigação para apurar partilha de salários

Trazido por uma fonte, apontava um suposto repasse de salários, de forma irregular, entre uma assessora parlamentar e um ex-assessor.

O material registra o momento em que a assessora Catieli, do gabinete do então vereador Marino Martins (PP), realizava o repasse de R$ 1 mil para Airton ex-assessor de Marino
O material registra o momento em que a assessora Catieli, do gabinete do então vereador Marino Martins (PP), realizava o repasse de R$ 1 mil para Airton ex-assessor de Marino

Morre Adivasson

O radialista e publicitário Adivasson Fernando Gomes Nejelski (foto), faleceu no dia 06 de abril, em sua residência, vítima de infarto. Adivasson tinha 58 anos e seu corpo foi velado e cremado, no dia seguinte, no Crematório Dom José.

Futsal  Veteranos e  Master

A Empresa Jornalística Noroeste realizou nos meses de março e abril, a 1ª Taça Vencal/Cresol de Futsal. Os jogos foram disputados no Ginásio Liminha e contaram com a participação de 13 equipes, sendo 10 na categoria de Veteranos e três na Master.  Nesta última o campeão foi a MK Industrial, de Cândido Godói. Na decisão, venceu o Prenda/Tapetão, por 5 x 2. Já na de Veteranos, o título ficou com o Guarani/Papparella/ZUK/PS Multimarcas, que derrotou o representante de Giruá, o Joga Bonito Futebol Clube, por 7 x 2.

MP abre investigação para apurar partilha de salários

O Jornal Noroeste entregou no dia 16 de fevereiro uma denúncia ao Ministério Público Estadual. O material, em forma de vídeo e áudio, foi trazido até nossa reportagem por uma fonte que apontava um suposto repasse de salários, de forma irregular, entre uma assessora parlamentar e um ex-assessor. A denúncia era embasada em um áudio gravado em julho de 2017 e dois vídeos. A gravação teria ocorrido na Rua Santo Ângelo, próximo à Câmara de Vereadores de Santa Rosa. Com 10 minutos e 47 segundos de duração, o material registrava o momento em que a assessora Catieli Iorrana Marques Rolim, do gabinete do então vereador Marino Martins (PP), realizava o repasse de R$ 1 mil para Airton Rafael Raccolto, ex-assessor de Marino.

No áudio, Airton Rafael, recebe o valor e conta como tudo foi negociado. Ele seria assessor de Rodrigo Bürkle (PP), vereador que optou assumir a Secretaria de Infraestrutura Urbana. Durante 22 dias ele assessorou Marino. A contrapartida viria para compensá-lo de um cargo que o prefeito Alcides Vicini prometera, mas não cumprira, na Prefeitura. Ele receberia os R$ 1 mil até assumir um cargo de CC. Segundo Catiele, esta divisão teria ocorrido de março a julho de 2017.

Nossa reportagem, através de um pedido formalizado diretamente ao promotor Janor Duarte, teve acesso à ‘degravação’ feita pelo Ministério Público. No áudio, Rafael conta que participou da reunião que definiu a partilha. Na ocasião, ele cita, que também estavam presentes Ro-drigo Bürkle, Marino Martins e o prefeito Alcides Vicini.

Rafael ainda cita que tem informações que a chamada ‘partilha’ ocorre com, no mínimo, mais cinco assessores da Câmara, mas não citou nomes. A assessora afirmou que sobrava do salário dela apenas R$ 1,2 mil por mês devido à partilha. Nossa reportagem procurou-a, mas ela não quis se manifestar.

Catieli foi ouvida no MP pelo promotor Janor Duarte, no dia 20 de março, quando relatou todo o fato, confirmando o repasse. A novidade é que ela afirmou que no final de julho de 2017, Ademar da Veiga Martins, popularmente conhecido como Dema, e Carlos Marino Martins solicitaram que a mesma gravasse a conversa. Nos autos do processo consta: “a intenção seria chantagear o vereador Rodrigo Bürkle. A declarante não quis participar disso. Então, Ademar da Veiga Martins disse que no próximo encontro ela apenas faria as perguntas e que a ordem era do vereador Douglas Calixto. Dias depois, a atual assessora de Douglas procurou Catieli e entregou um cheque de R$ 300,00 para ser repassado a um investigador de nome Márcio”. 

Já no ano passado, Marino foi condenado em ação movida pelo Ministério Público e saiu da Câmara. Sua vaga foi assumida por Fernando Classmann. Catieli foi exonerada em março por Classmann.

O Ministério Público abriu processo investigatório para apurar o caso. Até o início do mês diversas oitivas ocorreram, e o nome do vereador Douglas Calixto foi incluído como investigado.

Sobre o caso, Douglas Calixto não quis se manifestar. Rodrigo Bürkle disse que ficou na Câmara apenas um dia e não participou de nenhuma reunião para negociar partilha. Já o prefeito Alcides Vicini considerou absurda a alusão de que teria articulado isso. Os demais citados não falaram sobre o suposto esquema

Alberto Beltrame é o primeiro ministro santa-rosense

Em 10 de abril, o médico Alberto Beltra-me, tornava-se o primeiro santa-rosense da “gema” a assumir um Ministério da República. Passava a comandar o Ministério do Desenvolvimento Social, que tinha na liderança o deputado Osmar Terra, o qual saiu da pasta para concorrer ao cargo de deputado federal, indicando-o para o posto.  Alberto é filho do ex-vereador Étore Alberto Beltrame e da professora Ivone Beltrame, ambos de saudosa memória e que marcaram seus nomes em diversas ações do movimento comunitário local.   Ele ocupava o cargo de secretário-executivo do ministério desde 19 de maio de 2016.

Médico especialista em pediatria, possui pós-graduação em administração hospitalar e é mestre em gestão de sistemas de saúde. Exerceu diversas funções na área de saúde, tanto na área pública como na privada.

Escola Pedro Meinerz na Escócia

De 10 a 15 deste mês, três estudantes e três professores da Escola Estadual Pedro Meinerz foram até a Escócia participar do Edinburgh International Science Festival (foto), onde apresentaram o projeto da criação de uma prótese de pé, de fibra de carbono, de baixo custo. A ideia foi vencedora de mostras regionais e estaduais promovidas pelo ensino técnico da Secretaria Estadual de Educação.

A prótese foi considerada o melhor projeto brasileiro na Mini Maker Faier Edinburgh, rendendo uma premiação através de uma placa de reconhecimento aos idealizadores, os alunos André Ricardo Pacoff, Avelino Dietriech e Nelson Oliveira Filho. Eles foram orientados pelas professoras Marlene Ludwig de Oliveira e Vania Ghellar Brun.

Escola Estadual Pedro Meinerz foram até a Escócia participar do Edinburgh International Science Festival
O radialista e publicitário Adivasson Fernando Gomes Nejelski, morreu no dia 06, ele tinha 58 anos