Pescadores do noroeste gaúcho mobilizam-se em reuniões comunitárias

Encontros foram realizados em Porto Xavier, Pirapó, Porto Mauá, Garruchos e Porto Vera Cruz.

Pescadores do noroeste gaúcho
Pescadores do noroeste gaúcho

Com o apoio da Emater/RS-Ascar, pescadores profissionais artesanais de seis municípios pertencentes à Bacia do Rio Uruguai participaram de reuniões comunitárias para discutir assuntos pertinentes à pesca, comercialização e políticas públicas voltadas ao setor pesqueiro. As reuniões foram realizadas nesta semana (11 e 13/12), nos municípios de Porto Xavier, Pirapó, Porto Mauá, Garruchos e Porto Vera Cruz, onde reuniram-se também pescadores de Alecrim.

Participaram das reuniões mais de 200 famílias de pescadores, lideranças das colônias e associações de pescadores, assim como lideranças municipais e equipes dos escritórios municipais da Emater/RS-Ascar. Com a presença da coordenadora estadual de Pesca da Emater/RS-Ascar, Ana Spinelli, foi apresentada a proposta de construção de um projeto de monitoramento do dourado, para posteriormente montar um plano de gestão para a pesca sustentável e comercialização desta espécie. Para tanto, será preciso união de esforços do Poder Público, órgãos fiscalizadores e principalmente a colaboração dos protagonistas do processo, ou seja, os pescadores.

Também foram discutidas outras situações de interesse dos pescadores, como o Instrumento Específico de Parceria nº 003/2017, entre Emater/RS-Ascar e Agência Nacional de Assistência Técnica e Extensão Rural (Anater) para execução de serviços de Assistência Técnica e Extensão Rural e Social (Aters) a famílias de povos e comunidades tradicionais, seguro defeso, carteira de pescador, direitos previdenciários, comercialização, bem como as práticas de manipulação do pescado e legislações tributárias, fiscais e sanitárias, com a presença dos assistentes técnicos regionais Jorge Lunardi e Vanessa Gnoatto, e do gerente regional da Emater/RS-Ascar, Ademir Renato Nedel.