Estado deve R$ 900 mil para hospital de Três de Maio

Há casos de atrasos pendentes desde agosto do ano passado”, revelou Élcio Callegaro, diretor executivo.

O Hospital vem conseguindo manter todos os atendimentos, inclusive nas áreas de Otorrino e Oftalmologia, nas quais é referência regional.
O Hospital vem conseguindo manter todos os atendimentos, inclusive nas áreas de Otorrino e Oftalmologia, nas quais é referência regional.

O Hospital São Vicente de Paulo, de Três de Maio, vem conseguindo manter todos os atendimentos, inclusive nas áreas de Otorrino e Oftalmologia, nas quais é referência regional. “Porém, estamos sustentando o contratado com muito esforço e dificuldade”, admitiu o diretor executivo Élcio Callegaro. A dívida atual da Secretaria Estadual da Saúde já chega a R$ 900 mil.

Parte dos recursos é de contratos junto ao Ministério da Saúde, mas que caem no Fundo Estadual da Saúde. “A maioria é de incentivos do Estado para programas que implantamos e trabalhamos. Há casos de atrasos pendentes desde agosto do ano passado”, revelou Élcio.