Atual procurador geral é incompatível ao cargo

Segundo denúncia, o atual procurador Geral do Município de Santa Rosa, Marcos Alpe, é sócio de um escritório de advocacia da cidade, e o mesmo possui uma Ação contra o município de Santa Rosa.

Atual procurador geral é incompatível ao cargo

Segundo denúncia, o atual procurador Geral do Município de Santa Rosa, Marcos Alpe, é sócio de um escritório de advocacia da cidade, e o mesmo possui uma Ação contra o município de Santa Rosa. Trata-se do processo nº 1.03.004506-8, que tramita na 2ª Vara Cível na Justiça local desde 2003. “Isso configura-se como improbidade administrativa, com base em ofensa no princípio da moralidade do servidor. Ou seja, o advogado citado, está nas duas partes da Ação, à frente da Ação do cliente, e também na da prefeitura, o que pode de alguma forma contribuir contra o município”, afirmou o denunciante.

Conforme consulta processual, Marcos chegou a ser intimado para comprovar a renúncia no processo, isso ocorreu no dia 04 de junho/19, mas até o momento isso não aconteceu. Alpe era diretor jurídico da prefeitura desde 2017, e no início do mês assumiu o comando da pasta.

O assunto foi denunciado pela reportagem do Jornal Noroeste ao Ministério Público Estadual, no dia 08 de julho, mas ainda aguarda parecer do promotor Janor Duarte. Já o Controle Interno da Prefeitura de Santa Rosa afirma desconhecer o caso. Sobre o fato, Marcos Alpe afirmou que pediu o afastamento da ação.