Áreas públicas são plantadas sem contrato

Denúncia partiu do presidente do Solidariedade, Carlos Nasi.

Áreas públicas são plantadas sem contrato

A denúncia partiu do presidente do Solidariedade e suplente de vereador, Carlos Nasi, durante entrevista ao Ponto e Contraponto da Rádio Noroeste, na manhã da segunda-feira.

Segundo ele a Prefeitura de Santa Rosa conta com no mínimo 200 imóveis e terrenos rurais e urbanos. O que espantou foi a fala de Nasi, ao citar que terras do município estão sendo plantadas por pessoas, as quais não possuem contrato, e tiram proveito de áreas públicas. “Tem áreas sendo usadas e plantadas. Tem que ir atrás disso... Não tem convênio, não tem comodato, não tem contrato. Planta, colhe e vende. Aí entramos em algo mais nebuloso, e eu gostaria que tivesse um trabalho de fiscalização mais amplo”, disse Carlos Nasi.

Sobre a afirmação de Nasi, o Jornal Noroeste encaminhou à assessoria de imprensa da Prefeitura um pedido de informações. Nossa reportagem solicitou a lista completa de terrenos rurais e urbanos, além de imóveis de propriedade do município. Solicitamos também se existe algum contrato de locação/arrendamento destas áreas.

Uma fonte, que se identificou mas pediu sigilo do nome, telefonou até a redação e informou que no Aeroporto Municipal, existe uma área que serve como lavoura. “Um homem planta, colhe e vende a produção. Já perguntei se ele tem algum contrato, e ele afirmou que não”, denunciou.

Abaixo, o vídeo mostrando o momento exato que Carlos afirma sobre as áreas públicas. Para assistir a entrevista completa acesse: http://www.jornalnoroeste.com.br/podcasts/carlos-nasi-critica-governo-sobre-ginasio-moroni