Inicia o quarto dia de buscas aos assaltantes

Cerco segue na Linha 1º de Março, com cerca de 150 policiais.

Inicia o quarto dia de buscas aos assaltantes


As buscas estão reiniciando na manhã deste sábado. Em paralelo ao trabalho de varredura do local a Brigada Militar e a a Polícia Civil realiza também a verificação de várias denúncias e solicitações da comunidade fora do perímetro isolado.
São 150 policiais na operação e mais uma equipe de suporte que permite que o cerco se mantenha. “Seguimos determinados em localizar os bandidos”, afirmou a major Vanessa, porta-voz da operação.

 Conforme nota oficial emitida pela Brigada Militar o cerco segue firme no local onde encontram-se os assaltantes. Durante a sexta-feira foram encontrados vestígios dos criminosos: uma touca, restos de alimentação e rastros que dão conta que estão divididos. Vanessa destacou que por volta das 18h, as buscam foram suspensas mas a noite toda o local ficou cercado.
Ainda na manhã de ontem, o policial morto na quinta-feira durante confronto foi sepultado. Fabiano Heck Lunkes, 34 anos, recebeu homenagens em Cerro Largo.