Cerco é desmontado e patrulhas seguirão na região

O efetivo de apoio dos Batalhões de Choque foi dispensado, e a atuação policial segue reforçada na área, envolvendo efetivo de toda a região

Cerco é desmontado e patrulhas seguirão na região

A partir da tarde desta sexta-feira,  a Brigada Militar desmonta o cerco em Linha 1º de Março, entre os municípios de Porto Lucena e Campina das Missões. Segundo a porta-voz da BM, Major Vanessa Peripolli, a polícia ampliou o perímetro de buscas dos criminosos que assaltaram o banco em Porto Xavier, desfazendo o cerco e passando a atuar na forma de patrulhas nos municípios de Campina das Missões, Porto Lucena, Porto Xavier e região.

“As buscas a dois criminosos ainda continuam, e embora o efetivo de apoio dos Batalhões de Choque seja dispensado, a atuação policial segue reforçada na área, envolvendo efetivo de toda a região”, destacou a oficial.

Major Valtair Dorneles, Comandante do 4º BPAF, que comanda também a operação, destacou que embora seja necessária mudança tática, o grupo continua firme na missão de prender os criminosos. “A Brigada Militar agradece o apoio da comunidade até o presente momento e reafirma a necessidade de que quaisquer alterações sejam imediatamente informadas pelo telefone 190”.

Segunda-feira a cúpula da Segurança Pública realizará uma coletiva com o balanço da operação, em local e horário a serem definidos e divulgados.