Álcool está presente na maioria dos homicídios

Segundo o promotor Leandro Capaverde, não importa os locais e as circunstâncias, em bares, bailes e ou até em festas familiares isso acontece.

Promotor Leandro Capaverde responde pela Promotoria Criminal
Promotor Leandro Capaverde responde pela Promotoria Criminal

Responsável pela 1ª Promotoria Criminal e atualmente diretor do Ministério Público em Santa Rosa, que concentra sete promotores, Leandro Capaverde, 45 anos, natural de Santa
Rosa, afirma que praticamente em todos os homicídios que vão parar no Tribunal do Júri, o uso de álcool é o principal ingrediente.

E não importa os locais e as circunstâncias, em bares, bailes e ou até em festas familiares. “Dificilmente temos alguém sendo julgado e que não tenha cometido o crime sob a influência do álcool”, assegurou. Alertou que nos finais de ano “familiares querem resolver toda uma vida de animosidade, acabam se excedendo no álcool e ocasionando mortes”. 

Segundo o promotor Leandro, uma curiosidade chama a atenção: “mortes por arma de fogo e por arma branca quase se equivalem”. No interior de Santa Rosa, Tuparendi e Porto
Mauá os índices de homicídios são bastante pequenos. “Tuparendi é o município mais calmo”, destacou.

“Santa Rosa, graças a Deus, é uma ilha, não temos casos graves de violência em alta escala. Vejo aí o trabalho competente da Polícia Civil e da Brigada Militar”, concluiu.