Acidentes continuam em queda acentuada

Apenas três anos depois, em 2018, o semestre inicial terminou com 229 acidentes, correspondendo a uma queda de mais de 50%.

Acidentes continuam em queda acentuada

No primeiro semestre de 2015 foram registrados 465 acidentes na área urbana de Santa Rosa. Apenas três anos depois, em 2018, o semestre inicial terminou com 229 acidentes, correspondendo a uma queda de mais de 50%. “E nunca esquecendo que no período citado houve um aumento na frota de veículos, o que valoriza ainda mais a redução de ocorrências”, acentua o Capitão Machado, comandante da Brigada Militar no município e responsável pelo anúncio da estatística.

Machado faz outra avaliação, considerando as dificuldades operacionais da corporação. “Com menos ocorrências, vale questionarmos quantas viaturas a menos foram empregadas, quantas viaturas tivemos a mais para utilizarmos em outras ações e quantos soldados tiveram que se ocupar com as colisões de trânsito”, observou. Viaturas e efetivo foram deslocados para patrulhar praças, escolas, vilas e área central da cidade, entre outros locais.

O oficial da BM reparte os resultados positivos com o Departamento de Trânsito da Prefeitura. “Uma placa, uma sinaleira, uma pintura melhor em determinado local, além de outras ações, contribuem diretamente no balanço final”, explicou.

Em 2015, segundo dados do site do Detran, Santa Rosa possuía uma frota de 49 mil veículos. Hoje o município tem 52,5 mil veículos emplacados. Por se tratar de uma cidade polo regional, não deve ser desconsiderado no contexto do trânsito urbano a expressiva circulação de carros de outras cidades da micro e macrorregião. “A cidade cresce, a frota cresce e os acidentes diminuem consideravelmente. Isso é motivo de comemoração também por parte do motorista, que mostra uma consciência mais elevada ao dirigir um veículo”, amplia Machado.

O Conselho Municipal de Trânsito também foi destacado pelo Capitão Machado. “São lá que decisões importantes são tomadas e depois levadas à prática, interferindo diretamente no número de acidentes”, detalhou. É um órgão formado por autoridades ligadas ao trânsito e representantes de outros setores da comunidade.

Os 229 acidentes registrados no primeiro semestre de 2018 só provocaram danos materiais e lesões corporais. Nenhuma vítima fatal foi registrada. A participação de populares com denúncias anônimas é outro aspecto que vem ajudando muito as intervenções da Brigada. O cidadão pode acionar o wahatsApp 55- 999 500 190.