Reportagem denuncia locação irregular na Prefeitura

Casa teria destino social, mas perfil do beneficiado não se encaixa na carência.

Reportagem denuncia locação irregular na Prefeitura

A Reportagem de capa do Jornal Noroeste desta sexta-feira, 07, destaca uma investigação acerca da locação de um imóvel, situado na Rua das Rosa, 020, na Ouro Verde, Bairro São Francisco. 

Segundo a apuração da equipe de jornalismo, durante o ano de 2015 o Controle Interno (CI) da Prefeitura de Santa Rosa apontou irregularidades e pediu explicações ao Governo Vicini sobre um contrato de locação para aluguel social de um imóvel.

Conforme fonte, na época o valor autorizado para o aluguel social era de R$ 500,00 - menos da metade do valor pago, mas, para ter direito, a família precisava comprovar carência. Segundo o relatório do CI, um dos moradores era aposentado de um órgão federal e seu perfil não se encaixava como carente. Após suspeitar de irregularidades, o fato foi levado ao Ministério Público Estadual (MP-RS).

O imóvel foi locado em 2015, quando era pago o valor de R$ 1.100,00, e seria disponibilizado para o “Aluguel Social”. Depois de ser questionado, o contrato foi renovado, mas com a finalidade de interesse para a utilização pública. Atualmente é pago por este aluguel R$ 1.455,73 ao mês. Estima-se que já tenham sido aplicados ali R$ 75 mil.

Confira a informação na íntegra na edição impressa de hoje: