ApaeNoel é a prioridade para janeiro

As cartelas estão à venda na secretaria da APAE, na portaria da Rádio Noroeste, na Vencal Calçados Esportes e secretaria da Paróquia Sagrado Coração de Jesus.

Cada cartela custa R$ 10,00 e o comprador concorre a cinco carros 0 km, mais cinco prêmios de R$ 1.000,00 instituído pela própria APAE. Para cada R$ 1,00 o voluntário concorre a um prêmio.
Cada cartela custa R$ 10,00 e o comprador concorre a cinco carros 0 km, mais cinco prêmios de R$ 1.000,00 instituído pela própria APAE. Para cada R$ 1,00 o voluntário concorre a um prêmio.

A campanha, já conhecida pelo público santa-rosense e regional, é indispensável para que a instituição mantenha toda a estrutura de atendimentos para as 221 crianças e adolescentes que atende atualmente. A diretora executiva Marli Rozek destaca que todos os esforços neste mês estão voltados para a venda das últimas cartelas.

As cartelas (cada uma com quatro números) estão à venda na secretaria da APAE, na Avenida Borges de Medeiros. Porém, quem não pode se deslocar, pode acionar a instituição através do telefone 3512-1612 e mensageiros imediatamente farão a conexão. Também há cartelas à venda na portaria da Rádio Noroeste, na Vencal Calçados Esportes (Rua Buenos Aires) e secretaria da Paróquia Sagrado Coração de Jesus.

Cada cartela custa R$ 10,00 e o comprador concorre a cinco carros 0 km, mais cinco prêmios de R$ 1.000,00 instituído pela própria APAE. Para cada R$ 1,00 o voluntário concorre a um prêmio.

Os repasses de recursos federais, estaduais e de municípios com excepcionais atendidos não atende 100% de toda a demanda de necessidades. Marli faz uma referência especial às prefeituras e aos municípios da região, que ajudam bastante. Porém, o que vem de Brasília e de Porto Alegre está atrasado e defasado. “Se nós ficássemos apenas contando com os recursos que recebemos, nossa APAE atenderia no máximo 130 crianças. É através do esforço das comunidades que conseguimos garantir atendimento para mais cerca de 100”, destacou.