Reservistas de 1989 deixam um marco na história do 19º RC Mec

O encontro de confraternização de parte dos soldados incorporados há 30 anos visitaram as dependências do 19º RC Mec, onde mataram a saudade das instalações internas e de áreas externas.

Acima das expectativas reuniram 70 reservistas, alguns viajaram por 24 horas, alguns do Rio Verde (Goiás), Brasília e Campo Grande (Mato Grosso).
Acima das expectativas reuniram 70 reservistas, alguns viajaram por 24 horas, alguns do Rio Verde (Goiás), Brasília e Campo Grande (Mato Grosso).

“Queremos em primeiro lugar agradecer a Deus por esse privilégio de rever amigos que há 30 anos não víamos. Tínhamos uma expectativa de reunir 50 reservistas do ano de 1989, mas para nossa surpresa reunimos 70 deles, alguns viajando 24 horas para estarem aqui, como os que se deslocaram de Lucas do Rio Verde (Goiás), Brasília e Campo Grande (Mato Grosso)”, começou agradecendo em nota pública o recruta Morganes Silva dos Santos, presidente da Comissão Organizadora.

O encontro de confraternização de parte dos soldados incorporados há 30 anos visitaram as dependências do 19º RC Mec, onde mataram a saudade das instalações internas e de áreas externas. Na unidade foram recepcionados e elogiados pelo Coronel Talmo, comandante da guarnição. O oficial, em tom de brincadeira, disse que não iria comparar a tropa atual com a de 1989, “porque vocês dirão que a de vocês era melhor”. Talmo concluiu: “Sentimos-nos honrados pelos olhares dos militares da ativa em ver nos visitando o quartel após 30 anos”.

A emoção sempre esteve em alta na programação desenvolvida durante todo o dia da última sexta-feira, 04. Nas dependências do Piquete Osório, o vereador Claudio Schmidt (MDB), em nome da Câmara, entregou uma Moção de Congratulações a cada reservista presente. Junto os recrutas receberam uma medalha desenhada especialmente para a ocasião.

O Procurador Geral do Município, advogado André Stürmer, representando o Poder Executivo de Santa Rosa, saudou recrutas e familiares. Após outras manifestações, foi servido almoço de confraternização. O encontro gerou o surgimento de um grupo de Whatsapp envolvendo os recrutas de 89.

Após o almoço foi reproduzido um vídeo com fotos da época, momento em que a emoção dos ex-soldados subiu ainda mais. Foram distribuídos brindes doados pelo comércio local. Foi colocada em discussão a comissão para organizar o encontro 2019/2020. Por unanimidade foi aclamado para que permanecesse a diretoria atual, presidida por Morganes.