Agricultura Familiar recebe destaque na Expoagro de Santo Cristo

Propostas de inclusão social e produtiva, melhorias das condições de trabalho e da qualidade de vida e formas de incrementar a geração de renda serão apresentadas pelas duas instituições.

Agricultura Familiar recebe destaque na Expoagro de Santo Cristo

Quem passar pela área rural durante a Expoagro de Santo Cristo terá a oportunidade de conhecer um amplo espaço voltado a tecnologias e alternativas de diversificação da produção, resultado da parceria entre a Emater e a Coordenadoria Municipal da Agricultura e Meio Ambiente. Propostas de inclusão social e produtiva, melhorias das condições de trabalho e da qualidade de vida e formas de incrementar a geração de renda serão apresentadas pelas duas instituições em um lote de 450m2 entre esta quinta-feira (11/04) e o domingo (14/04).  

O local é um convite para o descanso, uma boa conversa e construção de conhecimento, com destaque para o embelezamento de arredores, que chama a atenção para a promoção da saúde e a importância de se sentir bem no lugar em que se vive.

Mais de 40 plantas bioativas (aromáticas, terapêuticas e condimentares), cultivadas pela Emater em parceria com Clubes do Lar do município, representam a biodiversidade local e o uso popular de plantas, como boldo, gengibre, babosa, manjericão, tansagem, confrei, pulmonária, hortelã e arruda.  

Na mostra, que chama a atenção para a produção de autoconsumo, estão representados os alimentos e tecnologias inseridos no Programa Regional de Segurança e Soberania Alimentar, com ênfase na batata-doce, leite, carne suína e frutas cítricas, além de apresentar frutas e hortaliças comuns nas propriedades locais. Um sistema de compostagem será apresentado, com orientações de preparo e manejo.

Na exposição de sementes crioulas, será demonstrado o resgate de mais de 50 espécies, como de feijão carioca, feijão de vagem, mamona, milho caiano, feijão anão, milho pipoca, crotalária, feijão amendoim, lab lab, arroz 120 dias, soja paraná, feijão de sopa e de hibisco.

Tecnologias de produção de hortaliças também devem chamar atenção. O cultivo de tomates em vasos aliado à irrigação por gravidade é uma proposta apresentada para quem pretende implantar hortas em pequenos espaços.

Ideal para a época do verão, será apresentado o cultivo de mudas de pastagens e de hortaliças em bandejas flutuantes. Também estão em exposição mudas de pastagens perenes, como tifton 85, jigs e capim anão.

A produção de leite com qualidade é apresentada de forma transversal com boas práticas do ordenhador, cuidado com o ambiente, bem-estar animal, alimentação dos bovinos, ordenha higiênica, controle sanitário, equipamentos e cuidado com a coleta e transporte do leite. Propostas de fitoterapia e homeopatia animal também estão em exposição.

Demonstração da maneira correta de implantação de mudas para arborização urbana, exposição de placas fotovoltaicas para conversão da energia solar em eletricidade, protótipo de um silo secador de grãos feito de alvenaria, para secagem e armazenagem de produtos na propriedade, e exposição de piscicultura são outros atrativos apresentados no espaço.

A divulgação do Programa Estadual da Agroindústria Familiar, com informações sobre implantação e legalização de agroindústrias, será realizada junto ao pavilhão da Agricultura familiar, em espaço compartilhado entre Emater/RS-Ascar e o Sindicato dos Trabalhadores Rurais.