Via Passos Honda/Papparella é pentacampeão

Equipe fez 8 x 0 no Villa Romana e conquistou o seu quinto título.

Via Passos Honda/Papparella é pentacampeão

A 20ª Taça Noroeste/Vencal/Deltasul/Sicredi foi concluída na noite desta sexta-feira, 11, no Ginásio Liminha. A vitória por 8 x 0 contra o Villa Romana/Território Reciclagens, deu ao Via Passos Honda/Papparella o seu quinto título em 20 anos de competição. O time se iguala ao número de conquistas do Tarumã.
Após um começo conturbado com três empates consecutivos, inclusive com sérias ameaças de ser eliminado ainda na primeira fase, o Papparella cresceu justamente no momento decisivo. Fez uma grande partida na semifinal contra Santo Ângelo obtendo sua vaga na prorrogação.
Na decisão, sobrou futebol, do início ao fim. A equipe foi superior e mereceu a vitória. O resultado de 8 x 0 é um tanto exagerado, mas a façanha é uma unanimidade.
A imposição do Papparella começou bem no início da partida. O time orientado por Fabinho pressionou muito e o goleiro Yuri se destacava com ótimas defesas. Pegou quase tudo, menos a conclusão de Emerson, que fez 1 x 0. O show mesmo ficou para o segundo tempo. Novamente sufocando o adversário que não se encontrava no jogo, o Papparella foi empilhando gols, numa jornada em que tudo dava certo.
A goleada teve três gols de Emerson, dois de Gustavo Karlinski e Marcinho e um do goleiro Baranha, este um gigante em quadra, com intervenções seguras de um jogador experiente acostumado a importantes decisões.
O Villa Romana começou a Taça Noroeste impressionando. Terminou a primeira fase na liderança se constituindo em favorito ao título desta edição. Mas o time de Adão Villa Nova não correspondeu na semifinal, enfrentando muitas dificuldades em superar seu adversário que foi o representante de Santo Cristo. Na decisão, os jogadores não corresponderam. Praticamente todos estiveram abaixo do apresentado na fase anterior.
O Papparella foi campeão tendo o seguinte grupo: Baranha, Emerson, Gustavo Karlinski, Jones, Zezinho, Márcio Siepalski, Tapejara, Paulinho, Hector, Marcinho, Carlos Daniel, Vini e Fernando. O craque Sinoê estava inscrito, mas não veio à Santa Rosa. Técnico: Fabinho.
O Villa Romana disputou a Taça Noroeste com: Yuri, Lucas Otanha, Mosquito, Gian Marcos, Bruninho, Adriano, Sêco, Rodrigo Brazeiro, Pedrinho, Andrezinho, Jackes, Gui Falcão, Ariel e Laone. Técnico: Adão Villa Nova.
A entrega da premiação foi conduzida pelo coordenador do evento, professor Elói Bedendo. Gustavo Karlinski recebeu o troféu de craque do campeonato. Jogou a Taça de forma impecável, sendo o grande maestro do time. Gustavo também levou o troféu de goleador. O campeão levou o prêmio de R$ 14 mil.
O intervalo da partida foi de homenagens. Através de uma indicação do vereador Renato Schaefer, a Empresa Jornalística Noroeste recebeu uma Menção Honrosa pelos 20 anos da Taça Noroeste de Futsal. A outra, foi prestada pela Noroeste ao Esporte Clube Santa Rosa, pelos 20 anos da conquista do título do Estadual da série Prata. Dirigentes e jogadores do Clube receberam uma placa, o aplauso e o carinho do público, que marcou presença em grande número.
O evento é uma promoção da Empresa Jornalística Noroeste com o apoio da Prefeitura Municipal, através da Secretaria de Desenvolvimento de Cultura e Esporte, Basso, equipe de limpeza e Brigada Militar. Vencal Esportes, Loja Deltasul e Sicredi são os patrocinadores âncoras.