Urnas eletrônicas foram inspecionadas

Juíza e promotora realizaram uma auditoria para comprovar a veracidade dos dados cadastrados nos equipamentos.

Urnas eletrônicas foram inspecionadas

A juíza eleitoral Vanessa Lima Medeiros Trevisol, acompanhada da promotora Cristiano Mello de Bona, da chefe do cartório Carolina Wathier e técnicos da justiça, realizaram na tarde desta segunda-feira, 01, no Fórum de Santa Rosa, sede da 42ª Zona Eleitoral, a inspeção nas urnas eletrônicas da eleição 2018.

Durante o ato, que foi acompanhando pela imprensa, foram escolhidas aleatoriamente urnas e realizados testes. A auditoria feita buscou comprovar a veracidade dos dados cadastrados nos equipamentos. Na 42ª Zona Eleitoral estão prontas e alimentadas 210 urnas de sessão, mais 25 reservas para eventuais substituições no dia do pleito.

Segundo Cristiane, todos os equipamentos estão dentro do que a lei exige, todos alimentados com os dados e lacrados. “No dia da eleição, antes de iniciar a votação, cada sessão eleitoral retirará uma zerésima da urna, quando presidentes das sessões, acompanhados de fiscais, devem comprovar que a mesma não foi violada e continua sem nenhum voto”, explicou.

A juíza Vanessa destacou que a eleição está ocorrendo de forma tranquila na 42ª, e que está tudo sendo preparado dentro da normalidade para a eleição do domingo. “Ainda realizaremos uma reunião com órgãos de segurança, para juntos traçar estratégias para o pleito, tudo com intuito de garantir isonomia para a eleição”, afirmou.

 

 

 

Urnas eletrônicas foram inspecionadas
Urnas eletrônicas foram inspecionadas