IFFar abre inscrições para Mestrado Profissional em Rede Nacional

A novidade deste ano é que não haverá uma etapa com prova discursiva. O exame ocorrerá no mês de maio e consistirá numa prova de múltipla escolha, tendo como base bibliografia indicada no edital de seleção.

Mais informações estão disponíveis no site do ProfEPT e no edital que rege a seleção.
Mais informações estão disponíveis no site do ProfEPT e no edital que rege a seleção.

O Mestrado Profissional em Educação Profissional e Tecnológica em Rede Nacional (ProfEPT) vai oferecer 908 vagas em 2019. O curso é oferecido na modalidade semipresencial em 40 municípios brasileiros, três deles no Rio Grande do Sul.

A partir de 2019, o ProfEPT conta com 40 Institutições Associadas, em todos os estados da federação. No Rio Grande do Sul, o curso será oferecido pelo Instituto Federal Farroupilha, em Jaguari, pelo Instituto Federal do Rio Grande do Sul, em Porto Alegre, e pelo Instituto Federal Sul-Rio-Grandense, em Charqueadas. Cada uma dessas unidades oferece 24 vagas.
Metade das vagas são reservadas para servidores pertencentes ao quadro dos Institutos Federais (IFs), dos Centros Federais de Educação Tecnológica (Cefets) e Colégio Pedro II.
O período de inscrições vai de 2 de fevereiro a 7 de março. A inscrição é feita exclusivamente pela internet, no site do ProfEPT. A taxa de inscrição é de R$70,00.

A novidade deste ano é que não haverá uma etapa com prova discursiva. O exame ocorrerá no mês de maio e consistirá numa prova de múltipla escolha, tendo como base bibliografia indicada no edital de seleção.

O Profept tem como objetivo proporcionar formação em educação profissional e tecnológica, visando tanto a produção de conhecimento como o desenvolvimento de produtos, por meio da realização de pesquisas que integrem os saberes inerentes ao mundo do trabalho e ao conhecimento sistematizado pertinentes à educação profissional de nível básico ou em espaços não-formais.

Mais informações estão disponíveis no site do ProfEPT e no edital que rege a seleção.