Estudantes da Unijuí desenvolvem protótipos por meio de impressora 3D

A Unijuí Campus Santa Rosa disponibiliza essa tecnologia para seus estudantes e empresas incubadas na Criatec

Estudante do curso de Engenharia Elétrica, Airton Thoma, desenvolveu um pedal eletrônico para guitarra
Estudante do curso de Engenharia Elétrica, Airton Thoma, desenvolveu um pedal eletrônico para guitarra

A tecnologia cada vez mais presente em nosso dia a dia nos auxilia em diferentes demandas. Um exemplo de inovação tecnológica são as impressoras 3D, também conhecidas como prototipagem rápida, que se destacam pela tecnologia de fabricação aditiva, onde um modelo tridimensional é criado por sucessivas camadas de material.

A Unijuí Campus Santa Rosa disponibiliza essa tecnologia para seus estudantes e empresas incubadas na Incubadora de Empresas de Inovação Tecnológica da Unijuí (Criatec), por meio do laboratório de prototipagens e testes, constituindo-se um diferencial dos cursos na Universidade.

O estudante do curso de Engenharia Elétrica, Airton Cristiano Thoma, teve a oportunidade de colocar em prática seus conhecimentos adquiridos na disciplina de Dispositivos e Circuitos Eletrônicos 2. Na oportunidade desenvolveu um pedal eletrônico para guitarra, também chamado de Fuzz, usado na saída da guitarra e na entrada do amplificador, gerando o clássico som da guitarra do rock. Efeito famoso por bandas como Red Hot Chilli Peppers e guitarristas consagrados como Jimmy Hendrix.

O laboratório de prototipagens e testes também já oportunizou aos estudantes desenvolverem outras peças por meio da impressora 3D, como: bloco antifolga, utilizado em máquina router CNC; anemômetro, peça usada em estação meteorológica; amplificador de potência para áudio; automação para biodigestores, entre outros.

De acordo com o Coordenador dos cursos de Engenharias do Campus Santa Rosa, professor Mauro Fonseca Rodrigues, o acabamento dos dispositivos eletrônicos é a interface que o usuário percebe e interage. “Ao realizar projetos nas disciplinas técnicas é possível concretizar um equipamento completo. Nesse contexto os alunos fazem a parte técnica, levantamento econômico e o acabamento a partir da impressora 3D, permitindo a entrega de um produto completo. A Engenharia é aplicação e a impressora 3D, além dos demais equipamentos de prototipagem, traz a possibilidade de realizar produtos a partir de projetos”, finaliza o coordenador.