Nestlé de Palmeira das Missões vai encerrar atividades

Planta foi disputada por Santa Rosa em 2007. Atualmente concentrava cerca de 950 empregos diretos e indiretos.

Unidade da Nestlé de Palmeira das Missões, deve encerrar suas atividades hoje. Informação foi dada pelo deputado federal Jerônimo Georgen (PP).
Unidade da Nestlé de Palmeira das Missões, deve encerrar suas atividades hoje. Informação foi dada pelo deputado federal Jerônimo Georgen (PP).

O anúncio partiu do deputado federal Jerônimo Georgen, PP, durante entrevista concedida ao jornalista Jalmo Fornári, da Rádio Província, da cidade de Tenente Portela. O parlamentar informou que a Nestlé de Palmeira das Missões encerra as suas atividade nesta segunda-feira, 1º de julho. Disse ainda que está buscando outras empresas para assumir aquela planta, mas que por hora não há nada definido, apenas o fechamento da unidade.

Considerada uma das dez maiores do país no segmento lácteo durante sua instalação, a fábrica foi inaugurada em setembro de 2008, durante o governo de Yeda Crusius.
Localizada no KM 9 da BR-468, mobilizou na época um investimento de R$ 70 milhões. Concentrava cerca de 950 empregos diretos e indiretos. 

A instalação de uma fábrica da Nestlé nesta parte do Rio Grande do Sul foi disputada por Santa Rosa, através de um movimento liderado pelo então deputado federal Osmar Terra (MDB). Passo Fundo também entrou na disputa. A opção por Palmeira das Missões, na época, foi avaliada como uma decisão política.