SHAZAM!

SHAZAM!

SHAZAM é um nome acróstico formado por: Salomão (sabedoria) - Hércules (força) - Atlas (resistência) - Zeus (magia) - Aquiles (coragem) - Mercúrio (velocidade), tudo isso vem no combo do super-herói.

Ascensão da DC, os fãs das HQ´s estão enlouquecidos pela estreia do super-herói. O filme como toda a história de um novo personagem, se torna maçante em seu início, para claro, apresentar o personagem, onde está inserido, quem o cerca, de onde vem, enfim, todo o seu universo. Nos quadrinhos, SHAZAM já demonstrou ser capaz de brigar de igual para igual com Superman.

A história é sobre Billy Batson, que apesar de perder-se da mãe quando criança, ele acaba sendo acolhido pela família Vasquez, que adotou mais cinco crianças, Pedro, Mary, Eugene, Darla e Fredy.

Billy é um jovem de 14 anos (Asher Angel), escolhido pelo mago ancião SHAZAM por sua bondade interior a “alma pura e força de espírito” a fim de preservar a justiça e a paz no Universo. Ele repentinamente se transforma de um pirralho, a um super-herói adulto (Zachary Levi).

Resumidamente ele é um adulto mas com a mentalidade de adolescente, fazendo tudo aquilo que qualquer um faria com superpoderes. O super-herói que existe dentro de nós resurge com esse filme, e aquela famosa frase do subconsciente também, “se eu tivesse superpoderes, o que faria?” ah convenhamos, você já tentou mexer alguma coisa com o poder da mente, dar um pulinho ou simplesmente sair correndo pra ver se tudo daria certo e você fosse um super-herói.

Mas claro, como todo o filme de super-heróis nem tudo é apenas diversão, Billy precisa aprender a controlar seus poderes para enfrentar o malvado Dr. Thaddeus Sivana (Mark Strong). E também continuar sua busca pela mãe desaparecida.