O Menino que Descobriu o Vento - 2019

O Menino que  Descobriu  o Vento - 2019
William Kamkwamba
William Kamkwamba

Um dos filmes mais comentados da última semana é a mais nova adaptação da Netflix. Ele é baseado em uma história real, que se passa em 2001 no Malauí.
Para desenvolver o plantio do fumo, árvores foram derrubadas e as florestas acabaram. Como consequência, as mudanças climáticas produziram ondas de chuva e seca que arruinaram as terras destinadas à agricultura, que trouxe uma terrível miséria.

O filme, conta a história do jovem William Kamkwamba, que ainda adolescente, teve de abandonar a escola, mas o pouco que conviveu, pode estudar sobre fontes de energia, forças do vento e sobretudo pensar sobre o desenvolvimento de uma turbina eólica a partir de árvores e material de ferro-velho.  Peças de bicicleta e uma bomba d’água, também foram utilizadas para poços que serviriam para irrigar essa terra. Possibilitando assim o abastecimento de água potável, seja para a agricultura ou para consumo da comunidade.

Destaca-se a ótima atuação de absolutamente todo o elenco. O filme tem momentos emocionantes que trazem a tona, risadas, choros, tristezas e principalmente uma história de superação.

Em 2006, a história de William Kamkwamba foi parar nos jornais, com o então adolescente se apresentando em uma conferência do TED, na Tanzânia. Ele teve a oportunidade de retomar seus estudos - que foram financiados por empresários, conseguindo ingressar em uma universidade na África. Após conseguir uma bolsa de estudos nos Estados Unidos, formando-se em Estudos Ambientais, na Universidade de Dartmouth, em 2014.

Infância retorna

Infância retorna

Dumbo

Dumbo ao que tudo indica é aquele filme que te fará chorar e relembrar a infância.

O filme conta a história de Holt Farrier, ela é uma ex-estrela de circo que retorna da guerra e encontra seu mundo virado de cabeça para baixo. O circo em que trabalhava está passando por grandes dificuldades, e ele fica encarregado de cuidar de um elefante recém-nascido, cujas orelhas gigantes fazem dele motivo de piada.  Após ser ridicularizado por seu grupo de amigos, os filhos de Holt descobrem que o pequeno elefante é capaz de fazer algo que nenhum outro elefante consegue: voar. O que o transforma então na principal atração do circo.

O filme é dirigido por Tim Burton, e a estreia será no dia 29 de março.

Malévola 2

No último dia 07, a Disney divulgou repentinamente o pôster oficial de Malévola 2. Divulgado anteriormente, será uma aventura que se passa vários anos depois do primeiro filme – Malévola continua a explorar a relação completa entre a fada e a quase rainha. 

A estreia está prevista para o dia 28 de outubro de 2020. 

Aladdin

Na terça-feira, 12, a Disney divulgou o trailer de um dos filmes mais aguardados desse ano. Aladdin, é um jovem humilde que descobre uma lâmpada mágica, com m gênio que pode lhe conceder desejos. Ele quer conquistar a moça por que se apaixonou – a princesa. Mas com a ajuda do Gênio – nada mais nada menos que interpretado por  Will Smith – ele tenta se passar por um príncipe para conquistar o seu amor e a confiança do pai.

O filme estreará no  dia 23 de maio.  
 

Capitã Marvel

Capitã Marvel

Nesta semana em meio ao Dia Internacional da Mulher, após quase 12 anos, estamos diante da primeira super-heroína do Universo Marvel a estrelar um filme solo, ambientado nos anos 90, além de ser a primeira produção codirigida por uma mulher.

Além do entretenimento, é um filme-manifesto fala principalmente sobre o papel das mulheres. Tem-se a necessidade de dizer o mai óbvio: sim, as mulheres tem muito poder, sem nunca deixar de exalar o poder feminino. Aliás, a Capitã Marvel, é de longe a heroína mais poderosa entre os Vingadores.

A aventura começa quando Carol Danvers, uma agente da CIA que já teria deixado a Terra para se unir a equipe militar de elite, conhecida como Starforce. Ela tem contato com uma raça alienígena, foi treinada para o combater dos Skrulls – vilões e ela é uma Kree – nobres guerreiro e heróis. “Sua vida começou no dia em que quase acabou. Nós a encontramos sem memória. Nós a transformamos em uma de nós, para que pudesse viver mais tempo, mais forte e superior. Você renasceu.” Carol, retorna – cai na Terra em 1995, quando a ameaça de invasão, surge.

O filme deixa bem claro que nem ela tem plena consciência de todas as habilidades que possui. É onde ela conhece Nick Fury (Samuel L. Jackson), parceiro de sua jornada de autodescoberta como a pilota Carol Danvers, enquanto ela se torna uma poderosa heroína. O espírito de “girl power” exala a todo momento, indo desde a escolha da trilhas cantados por mulheres até a falta de um par romântico masculino.

Gênero: ação | Duração: 128 min

Não recomendado para menores de 12 anos.

1/6Página seguinte →18 registros