O REI ESTÁ DE VOLTA

O REI ESTÁ DE VOLTA
O REI ESTÁ DE VOLTA

O remake mais esperado do ano chegou. O live-action de um dos maiores clássicos da Disney de 1994, Rei Leão, teve sua estreia mundial ontem, 18. 

Por mais que algumas pessoas lembrem aleatoriamente do filme, pois quando viram ainda eram crianças, ou aqueles que o viram recentemente para a estreia, ou até mesmo aqueles que (por mais que seja raro) nunca viram, com toda a certeza lembram de uma das mais icônicas músicas, Hakuna Matata.

Pode confessar, você leu e logo cantou essas duas palavras. A música ficou conhecida pela dupla Timão e Pumba, no clássico de 1994. Hakuna Matata significa “sem problemas” ou “não se preocupe”.

Sinopse: O filme conta a história sobre a alcateia deleões liderada por Mufasa, até que Scar o mata. O filho de Mufasa, o leãozinho Simba é quem deveria assumir o trono, mas ele é traído e exilado de seu reino pelo próprio tio (Scar). Simba então parte em uma aventura para descobrir como crescer e retomar seu destino como herdeiro real da savana africana. No caminho, como dito anteriormente ele encontra seus dois principais amigos, Timão e Pumba.

Dublagem

A dublagem original está impecável, começando pelo primeiro Rei Leão Mufasa (James Earl Jones). Ele é conhecido por dublar Darth Vader em Star Wars, então sim, a voz do Darth Vader será a de Mufasa. Na versão brasileira quem dubla é Saulo Javan.

Quem dubla Simba inicialmente, em sua versão jovem é JD McCray, já na versão adulta é Donald Glover (Childish Gambino). Na versão brasileira quem dá voz ao leão é Ícaro Silva. 

Nala é dublada inicialmente por Shahadj Wright Joseph, já em sua versão adulta será feito por um dos maiores nomes do pop mundial, Beyoncé. Já aqui no Brasil será a cantora IZA.

O vilão Scar é dublado por Chiwetel Eijor. Já o trio Timão, Pumba e Zazu será dublado por Billy Eichner, Seth Rogen e John Oliver.

O Aluno

O Aluno

O longa (The First Grader) é de 2010 e pode ser achado como “O Aluno” ou “Uma Lição de Vida”. Esse filme, em especial, já havia assistido há alguns anos, quando ainda estava
no streaming da Netflix. Atualmente ele pode ser encontrado online, ou até mesmo em alguns dos canais pagos. Essa é a primeira vez que converso diretamente com vocês, talvez seja pelo fato de o filme valer cada minuto.

“O novo governo anunciou que haverá ensino para todos” guardem essa frase. 

O longa é baseado na história real de Kimani N´gan´ga Maruge. Mas quem era Maruge? Ele era um ex-combatente do grupo dos Mau Mau, do Quênia. Eles lutaram pela liberdade do seu país, Maruge foi preso, torturado e sua família foi assassinada.

Ah ok, é isso o filme? NÃO. A história se passa em 2004, quando aos seus 84 anos, Kimani Maruge, se fazendo valer do discurso do novo governo “ensino para TODOS”, decide se matricular numa escola primária, determinado a aprender a ler e escrever. Sua motivação baseia-se no desejo de ler uma carta que havia recebido da presidência. 

Como a escola é precária e possui mais crianças do que suporta, Maruge tem sua matrícula negada. Mas ele não desiste, continua persistindo e tem que aceitar todas as exigências, inclusive a de usar uniforme infantil. Ele é aceito na escola e tem apoio da professora (Naomie Harris). Sua presença gera controvérsias, enquanto um lado ele vira notícia internacional, do outro gera preconceito, revolta e indignação na comunidade, colocando sua segurança muitas vezes em risco.

Kimani N´gan´ga Maruge se tornou detentor do recorde de pessoa mais velha a entrar em uma escola primária, segundo o Guinness. Ele faleceu em 14 de agosto de 2009. Ele foi destaque entre os colegas de classe e em 2005 foi convidado à falar na ONU sobre a importância da educação primária.

Sabe aqueles filmes que te faz emocionar, ficar em silêncio, em choque, repensando tudo ou em outras palavras, digerindo depois que termina? Ele, para mim, é exatamente assim. O jornalismo sempre tenta ser imparcial e neutro, mas com esse tipo de filme, não dá. Talvez não seja muito o teu gênero de filme, ou até mesmo não goste dele, é um direito. Mas não fique sem assistir.

Stranger Things 3

Stranger Things 3

Desde o seu primeiro episódio em 2016, após 17 episódios, a série vem trazendo a cultura pop, conquistando o público pelas referências como músicas, filmes e jogos de RPG, teorias mirabolantes, além de claro as crianças ElevenMike, Dustin, Lucas e Will.

Primeira temporada: Ela começa em 6 de novembro, 1983 na pequena cidade de Hawkins, Indiana, quando um garoto de 12 anos, Will Byers (Noah Schnapp) desaparece misteriosamente, após uma partida de RPG com os amigos Dustin (Gaten Matarazzo), Mike (Finn Wolfhard) e Lucas (Caleb McLaughlin). A mãe de Will, Joyce (Winona Ryder), torna-se frenética e tenta encontrar Will enquanto o chefe de polícia Jim Hopper (David Harbour) começa a investigar, assim como os amigos de Will.

Ao mesmo tempo em que Will desaparece, uma menina chamada Eleven (Millie Bobby Brown) foge de uma espécie de laboratório de experimentos e cruza o caminho dos garotos. Ela é o grande elemento que unirá os amigos na luta para encontrarem o amigo desaparecido, se deparando com um experimento secreto do governo. Eleven tem os dons sobrenaturais que serve para salvar os amigos de várias situações (ela traz muito a referência do filme E.T. de Steven Spielberg). Durante a primeira temporada também se passa o triângulo amoroso adolescente liderado por Steve Harrington (Joe Kerry), Nancy Wheeler (Natalia Dyer) e Jonathan Byers (Charlie Heaton). Todos eles enfrentam o Demogorgon.

Segunda Temporada: Will está de volta, mas Eleven está supostamente morta. A história da segunda temporada começa no final de outubro de 1984, ou seja, um ano após o desaparecimento de Will. Com os acontecimentos sobrenaturais envolvendo o Demogorgon e os segredos do laboratório de Hawkin, Nancy tenta fazer justiça a sua amiga Barb, tentando expor os segredos do laboratório.

Quanto a Will, ele não voltou o mesmo, sem contar que ele ainda está conectado ao Mundo Invertido. Apesar de os amigos ajudarem a se sentir normal, ele agora é apontado pela cidade como uma aberração, ao ter sido considerado morto e reaparecido com vida. Enquanto isso há a chegada de uma nova personagem, Max (Sadie Sink), uma garota rebelde que chama a atenção de Dustin e Lucas. Ela tem uma relação conturbada com o irmão mais velho (Dacre Montgomery). Ao longo da temporada, Max acaba se envolvendo com o grupo. Mike não fica tão ligado assim ao grupo – e principalmente à Max - desde o final da temporada anterior, com a suposta morte de Eleven.

Quanto à Eleven, seu destino ao final da temporada anterior é revelado logo no primeiro episódio. Uma sucessão de flashbacks ao longo dos demais episódios da temporada mostra que ela ficou temporariamente presa na dimensão invertida depois de derrotar o Demogorgon no ginásio da escola. Ela foi encontrada pelo xerife Hopper, o qual passaram a formar um vínculo de pai e filha. Eleven passou quase todo o ano vivendo sob as estritas regras de Hopper para sua própria proteção, como jamais sair de casa. Comunicando-se com o mundo exterior através de seus poderes, ela eventualmente foge para encontrar a mãe, Terry (Aimee Mullins), a qual lhe dá a pista para a localização de sua igualmente poderosa predecessora nas pesquisas no laboratório de Brenner (Matthew Modine), à qual ela chama de irmã, Kali/Eight (Linnea Berthelsen). Vale destaque nesta temporada, a relação entre Dustin e Steve bem como o amadurecimento de Eleven.

O que esperar da terceira temporada?

Dando continuidade ao último episódio da segunda temporada, é mostrado no Mundo Invertido, e o Demogorgon vivo, observando a escola de Hawkins, durante o baile de final de ano. Durante os trailers terá a continuação – e bem provável o foco - da amizade entre Dustin e Steve, além de uma nova amizade que surgiu entre Eleven e Max, o relacionamento de Nancy e Jonathan, e também de Joyce e o xerife Hopper. A temporada estreou ontem, 04 de julho. Tem início também na série no mesmo dia, 04, em 1949, – Dia da Independência dos Estados Unidos, bem como a época de férias.

De acordo com os criadores, os irmãos Duffers, a nova temporada será ainda mais “horripilante”.

1/13Página seguinte →39 registros